Diretor da FCT-UFP na Caminhada do “Movimento em Defesa do rio Tinto”


Movimento em Defesa do rio Tinto organizou uma caminhada pelas margens do rio Tinto, desde o centro de saúde de Rio Tinto até à sua Foz, perto da rotunda do Freixo, passando pelos atuais terrenos do Parque Oriental da Cidade do Porto.

A UFP fez-se representar na caminhada pelo Prof. Doutor Álvaro Monteiro, um dos membros da equipa científica do projeto RIO TINTO.

A UFP, através da sua área do ambiente, tem estado envolvida no projeto RIO TINTO desenvolvendo o ESTUDO DE ALGUNS PARÂMETROS RELATIVOS AO ESTADO ECOLÓGICO DO RIO TINTO. Este projeto tem como parceiros parceiros a Lipor, os Municípios de Valongo, Gondomar, Maia, Porto, as Águas de Gondomar, SA., as Águas do Porto, a UFP (através do PAAS – Projeto Ambulatório Ambiente e Saúde), a Agência Portuguesa do Ambiente, I.P./Administração da Região Hidrográfica do Norte, as Águas de Valongo, SA., as Juntas de Freguesia de Rio Tinto, Ermesinde, Águas Santas, Baguim do Monte, Rio Tinto e Campanhã. O movimento em Defesa do Rio Tinto tem acompanhado também este projeto.

Como resultados do estudo, verificou-se a necessidade de evitar que as descargas dos esgotos domésticos tratados nas estações de tratamento de águas residuais de Rio Tinto e do Freixo fossem encaminhadas para o rio Tinto, uma vez que contribuíam para a sua menor qualidade de água, mesmo que tratadas conforme o previsto na legislação. Assim, está em curso uma obra de grande envergadura com a colocação do intercetor no rio Tinto, que irá recolher essas duas descargas encaminhando-as diretamente para o rio Douro, o que irá permitir a melhoria de qualidade da água do rio Tinto.

Uma vantagem imediata de um rio Tinto limpo? A continuação da expansão do Parque Oriental da Cidade do Porto. Neste momento, apenas uma pequena parte do parque previsto é que está disponível para usufruto da população.

A obra em curso, para além do intercetor acima mencionado, irá implicar também um trabalho adicional de consolidação das suas margens, bem como arranjos paisagísticos da responsabilidade do arquiteto paisagista Sidónio Pardal, que também enriqueceu a visita com as suas explicações sobre o porquê de diversas intervenções em curso. As suas intervenções receberam também a importante contribuição e complemento do Vice-Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Filipe Araújo.

A médio prazo, será possível ter um grande espaço de lazer ligando o concelho de Gondomar, desde o futuro Parque Urbano de Rio Tinto (obras em curso) até à foz do rio Tinto, passando pelo parque oriental da cidade do Porto. Toda a área envolvente irá ser valorizada com esta obra.

UFP TV
O Laboratório de Televisão funciona como um centro de produção de vídeo para apoio às actividades da Universidade.
Ver streamingVer Galeria de Vídeos
Secretaria Virtual
E-Learning
UFP-Universidade Virtual
Biblioteca
As Bibliotecas da UFP têm como missão permitir o acesso aos recursos informativos necessários ao desempenho das funções de ensino, investigação e aprendizagem, bem como conservar e preservar as suas colecções.
Ver streaming
Webmail
Acesso ao Webmail da Universidade Fernando Pessoa.
A UFP utiliza a plataforma/serviços gmail para fornecimento de serviços de correio electrónico.
Aceder ao webmail