Home » Ensino » 1º Ciclo e Mestrados Integrados » Mudança de Par Instituição/Curso

Mudança de Par Instituição/Curso

1. Condições de ingresso:
1.1. Ter estado matriculado e inscrito noutro par instituição/curso e não o ter concluído;
1.2. Ter realizado exames finais das disciplinas terminais do ensino secundário estrangeiro que sejam os homónimos às provas de ingresso exigidas para o curso ao qual se candidatam no âmbito do regime geral de acesso – os quais podem ter sido realizados em qualquer ano letivo;
1.3. Ter, nesses exames nota mínima de 95 valores (numa escala de 0 a 200).
# Não é permitida a mudança de par instituição/curso no ano letivo em que o estudante tenha sido colocado em par instituição/curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito.

2. Os critérios de seriação para a mudança de par instituição/curso, para o 1.º ano de um ciclo de estudos, são:
2.1. Maior número de disciplinas aprovadas no curso de origem;
2.2. Média das classificações das disciplinas aprovadas no curso de origem;
2.3. Proveniente de um curso de área científica afim ao qual se candidata (critério de desempate).

3. Cronograma:

Nacionais de Estados Membros da União Europeia e extracomunitários residentes em Portugal 

Candidaturas para o 1º ano 2 de maio a 31 de julho de 2017
Afixação dos resultados 15 de agosto de 2017
Matrículas Até 15 de setembro de 2017
Candidaturas com pedido de análise de creditações 2 de maio a 30 de junho de 2017
Afixação dos resultados Candidatos notificados por correio eletrónico
Matrículas Até 15 de setembro de 2017

Nacionais extracomunitários residentes no estrangeiro 

Candidaturas para o 1º ano 27 de fevereiro a 23 de junho de 2017
Afixação dos resultados 30 de junho de 2017
Matrículas Até 15 de setembro de 2017
(ver nota 2)
Candidaturas com pedido de análise de creditações 27 de fevereiro a 1 de junho de 2017
Afixação dos resultados Candidatos notificados por correio eletrónico
Matrículas Até 15 de setembro de 2017
(ver nota 2)

Início do ano letivo

Receção aos novos alunos / Início do ano letivo 18 de setembro de 2017

NOTAS:
1. À exceção dos casos identificados, o resultado da candidatura é verificado em http://candidaturas.ufp.pt > Verificar candidatura.
2. Candidatos extracomunitários residentes no estrangeiro que não consigam obter o Visto de Estudante atempadamente, poderão realizar a sua matrícula até ao prazo máximo de 31 de outubro de 2017, sendo da responsabilidade dos mesmos recuperar a matéria lecionada até essa data.

4. Vagas e pré-requisitos

5. Taxas escolares

6. Submissão da candidatura

6.1. Online: em http://candidaturas.ufp.pt:
Cidadãos nacionais, da União Europeia e extracomunitários residentes em Portugal:
http://candidaturas.ufp.pt > Licenciaturas e Mestrados Integrados – Outros Regimes – Cidadãos da União Europeia
Cidadãos extracomunitários residentes no estrangeiro:
http://candidaturas.ufp.pt > Licenciaturas e Mestrados Integrados – Outros Regimes – Cidadãos Extracomunitários

Documentos necessários:
- Ficha ENES (estudantes do ensino secundário Português) ou certidão de disciplinas do Ensino Secundário estrangeiro (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Certidão comprovativa de matrícula no ensino superior OU Cópia da Certidão de disciplinas da licenciatura (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Passaporte, se estiverem a residir na União Europeia deverão acrescentar o título de residência do país da UE .
+
- Pagamento da taxa de candidatura
# A candidatura online apenas é validada após o pagamento da taxa de candidatura.

Para pedir equivalências dos estudos concluídos no curso anterior: Ver ponto 8

6.2. Presencialmente, no Gabinete de Ingresso:
Documentos necessários:
- Ficha ENES ou cópia autenticada da certidão de disciplinas do Ensino Secundário Estrangeiro (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Certidão comprovativa de matrícula no ensino superior OU Certidão de disciplinas da licenciatura (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal;
- Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
- Comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
- Boletim de candidatura devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
+
- Pagamento da taxa de candidatura

Para pedir equivalências dos estudos concluídos  no curso anterior: Ver ponto 8.

7. Matrícula:
Os candidatos colocados terão que efetuar a sua candidatura presencialmente no Gabinete de Ingresso.

7.1. Candidatos que efetuaram a candidatura online:
Documentos necessários:
- Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal;
- Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
- Ficha ENES ou certidão de disciplinas do Ensino Secundário (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Certidão comprovativa de matrícula no ensino superior OU Certidão de disciplinas da licenciatura (Ver Notas 9.3 e 9.4);
- Comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
- Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
- Fotografia (3 x 4 cm);
- Atestado médico e boletim de vacinas atualizado (não aplicável aos cursos em que são exigidos pré-requisitos) OU Comprovativo de satisfação dos pré-requisitos (aplicável aos cursos em que são exigidos pré-requisitos);
+
- Pagamento da matrícula e da propina.
# Candidatos que tenham solicitado análise de creditações, terão que pagar ainda as taxas de registo de creditações.

7.2. Candidatos que efetuaram a candidatura presencialmente:
Documentos necessários:
- Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
- Fotografia (3 x 4 cm);
- Atestado médico e boletim de vacinas atualizado (não aplicável aos cursos em que são exigidos pré-requisitos) OU Comprovativo de satisfação dos pré-requisitos (aplicável aos cursos em que são exigidos pré-requisitos);
+
- Pagamento da matrícula e da propina.
# Candidatos que tenham solicitado análise de creditações, terão que pagar ainda as taxas de registo de creditações.

8. Creditações:
Quando submetem a candidatura, os estudantes podem pedir a creditação de:
Estudos prévios e/ou da experiência profissional, por favor consultar: [ligação]
- Formações feitas em Instituições da União Europeia Não Conferentes de Grau Académicospor favor consultar: [ligação]

8.1. Elementos necessários:
Formulário de pedido de análise de creditações;
- Análise de estudos realizados noutras instituições:
…Cópia da certidão de disciplinas (ver Notas 9.3 e 9.4);
…Programas das disciplinas carimbados pela instituição de ensino emissora.
- Análise de experiência profissional:
…Curriculum Vitae atualizado (Modelo Europass);
…Elementos probatórios das atividades mencionadas no CV;
…Relatório comprovativo da experiência e competências profissionais relevantes para o ciclo de estudos.
- Pagamento da taxa de análise de creditações (taxas relativas ao pedido e registo de creditações referidas no preçário).

8.2. Forma de submissão do pedido:
- Candidatos que submetam a candidatura presencialmente: em mãos, no ato da candidatura;
- Candidatos que submetam a candidatura online: terão que enviar os documentos e o pagamento (feito por Vale Postal) pelo correio para Universidade Fernando Pessoa | Gabinete de Ingresso | Praça 9 de Abril, 349 | 4249-004 Porto | Portugal.

9. Notas:
9.1. Não é efetuada a devolução de documentação entregue.
9.2. A abertura dos cursos obedece a um número mínimo de matrículas.
9.3. Certidões provenientes de estabelecimentos de ensino estrangeiro:
- Originais ou fotocópias têm que estar autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática portuguesa ou trazer a Apostilha de Haia.
- Estas autenticações devem estar claramente visíveis nas versões digitais submetidas nas candidaturas online.
- A certidão de disciplinas deve também incluir a respetiva escala de notas utilizada na avaliação quantitativa, com indicação da nota mínima para aprovação.
9.4. Documentos académicos ou profissionais devem ser emitidos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês. Se emitidos noutra língua deverão ser traduzidos para Português, por um tradutor reconhecido pelas autoridades diplomáticas portuguesas.

Última atualização: 14.07.2017

UFP TV
O Laboratório de Televisão funciona como um centro de produção de vídeo para apoio às actividades da Universidade.
Ver streamingVer Galeria de Vídeos
Secretaria Virtual
E-Learning
UFP-Universidade Virtual
Biblioteca
As Bibliotecas da UFP têm como missão permitir o acesso aos recursos informativos necessários ao desempenho das funções de ensino, investigação e aprendizagem, bem como conservar e preservar as suas colecções.
Ver streaming
Webmail
Acesso ao Webmail da Universidade Fernando Pessoa.
A UFP utiliza a plataforma/serviços gmail para fornecimento de serviços de correio electrónico.
Aceder ao webmail