Home » Ensino » Pós-graduações » Curso de Complemento de Formação em Enfermagem

Curso de Complemento de Formação em Enfermagem

Edital

Por despacho do Reitor da UFP de 28/11/2014, sob proposta da Direção da Faculdade de Ciências da Saúde / Escola Superior de Saúde e da Coordenação do Curso de Licenciatura em Enfermagem, nos termos do DL n.º 353 / 99, de 3 de Setembro e da Portaria n.º 799 – E / 99, de 18 de Setembro, torna-se pública a abertura de concurso para candidatura à matrícula e inscrição no Curso de Complemento de Formação em Enfermagem (CCFE), para o ano letivo de 2014/2015.

1 – Vagas propostas a concurso: 40

2 – O Curso de Complemento de Formação em Enfermagem só funcionará com um número mínimo de 15 alunos.

3 – Condições de candidatura: podem concorrer os candidatos que satisfaçam cumulativamente as seguintes condições:
a) Ser detentor do título de enfermeiro
b) Ser titular do grau de bacharel em enfermagem ou equivalente legal

4 – As candidaturas serão formuladas ao Reitor da UFP, através de requerimento a apresentar, dentro dos prazos previstos e em impresso próprio, sendo entregues presencialmente ou enviadas pelo correio ao Gabinete de Ingresso ou submetidas online em http://candidaturas.ufp.pt.

5 – O requerimento terá de ser acompanhado dos seguintes documentos:
a) Fotocópia do Cartão de Cidadão do do bilhete de identidade + cartão de contribuinte*
b) Cédula profissional atualizada (ano de 2014)
c) Certidão comprovativa da titularidade do grau de bacharel em enfermagem ou equivalente legal, indicando a respetiva classificação final**
d) Certidão comprovativa do tempo de serviço e experiência profissional como enfermeiro
e) Currículo académico e profissional (em modelo da UFP, a ser preenchido de acordo com as normas gerais indicadas em baixo)

* Cidadãos de países não pertencentes à União Europeia terão de apresentar um título de residência válido de acordo com as normas do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal
** Certidões de habilitações estabelecimentos de ensino superior estrangeiros: cópias ou originais têm que estar autenticadas pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática ou consular portuguesa ou trazer a apostilha da Convenção de Haia

5.1 – Os candidatos devem documentar todas as declarações constantes do processo de candidatura.

6 – A não satisfação do disposto na legislação referida ou nas condições de candidatura conduz à rejeição liminar do candidato.

7 – A seriação obedece aos critérios constantes em documento próprio, considerando-se admitidos os candidatos que caibam no número de vagas fixado, desde que satisfeitas todas as condições acima referidas

8 – Prazos:
Em atualização

9 – As reclamações devem ser dirigidas ao júri de seleção do CCFE da UFP.

10 – O curso funcionará em horário pós-laboral.

11 – Os documentos apresentados pelos candidatos não admitidos serão eliminados, caso não sejam solicitados até 90 dias após o início do curso.

Normas gerais para apresentação da candidatura:

No sentido de facilitar o processo de candidatura à matrícula e inscrição no Curso de Complemento de Formação em Enfermagem, para o ano lectivo de 2014/2015, informam-se os candidatos das normas para preenchimento do documento a apresentar enquanto “Currículo profissional e académico”, sem prejuízo do cumprimento de tudo o que estabelece o edital.

1 – As candidaturas serão formuladas de acordo com o ponto 5 do Edital.

2 – Os documentos referidos nas alíneas b), c) e d) do ponto 5 do referido edital, terão de ser originais ou fotocópias autenticadas.

2.1 – O documento – certidão comprovativa do tempo de serviço e experiência profissional como enfermeiro – alínea d) deve:
• Ser expressa em anos, meses e dias à data da respectiva certidão
• Explicitar o serviço actual onde exerce a actividade profissional
• Conter a data de posse na última categoria

2.2 – As declarações relativas às alíneas a) e e), deverão ser comprovadas de forma documental (em fotocópia).

3 – Os candidatos com equivalência a bacharelato, terão de entregar o documento comprovativo dessa equivalência, bem como o diploma que permitiu a obtenção do grau.

4 – O preenchimento dos impressos é da total responsabilidade dos candidatos, designadamente quanto ao cumprimento do estabelecido no edital.

5 – O CV académico e profissional a entregar no ato da candidatura deve ser elaborado através do preenchimento do documento preparado pela UFP para o efeito. Devem ser preenchidas apenas as células de cor cinzenta. O documento pode ser preenchido “à mão” ou em computador.

Taxas escolares
Candidatura: 100 €
Matrícula: 250 €
Propina:
1 Prestação de 2750 € (paga no ato da matrícula)
2 Prestações de 1400 € (1ª Prestação paga no ato da matrícula e 2ª Prestação paga 5 meses após o mês da matrícula)
10 Prestações de 290 € (1.ª Prestação paga no ato da matrícula, restantes prestações pagas até ao dia 10 dos meses seguintes)

NOTA: Para informações sobre formas de pagamento e outras taxas e informações, por favor consultar o preçário das Pós-graduações.

 

Última atualização: 07.7.2017

UFP TV
O Laboratório de Televisão funciona como um centro de produção de vídeo para apoio às actividades da Universidade.
Ver streamingVer Galeria de Vídeos
Secretaria Virtual
E-Learning
UFP-Universidade Virtual
Biblioteca
As Bibliotecas da UFP têm como missão permitir o acesso aos recursos informativos necessários ao desempenho das funções de ensino, investigação e aprendizagem, bem como conservar e preservar as suas colecções.
Ver streaming
Webmail
Acesso ao Webmail da Universidade Fernando Pessoa.
A UFP utiliza a plataforma/serviços gmail para fornecimento de serviços de correio electrónico.
Aceder ao webmail