Home » Pós-Graduação em Ciência da Informação

Pós-Graduação em Ciência da Informação

Em E-learning.

Início previsto para 2 de junho de 2017.

ENQUADRAMENTO

A Pós-Graduação em Ciência da Informação visa cobrir lacunas de conhecimento em áreas emergentes das Ciências da Informação a que se associam profissionais, dos subsistemas público e privado, que devem garantir a salvaguarda e a utilização corrente e de circunstância dos documentos para utilizadores internos e externos às organizações.

Tem por isso um âmbito alargado de profissionais em exercício em organizações como:
- Bibliotecas Escolares.
- Bibliotecas Públicas e Especializadas.
- Arquivos Associativos e Pessoais.
- Arquivos Empresariais.
- Industria Editorial.
- Mediatecas.
- Gestão de Coleções e Serviços.

Num tempo em que, cada vez mais, é manifesta a democratização no acesso livre às informações que assumem um relevante interesse público e social, é notório o crescente interesse pela utilização e, mais do que isso, pela associação e mesmo “manipulação” com vista a programar, a conhecer, a suportar a construção de conhecimento em diversas áreas.

É cada vez mais reconhecido o papel dos profissionais de Ciências da Informação nas sociedades do conhecimento, cuja evolução não tem retorno, sendo idealmente expectável que se vá avançando no processo de identificação de atores pelos registos ou testemunhos, materializados em documentos, associáveis que permitam a sua identificação integral. Daí também o relevante interesse desta pós-graduação.

OBJETIVOS

Dotar os profissionais de conhecimentos fundamentais de organização e gestão bibliotecária e arquivística, preparando-os apara o exercício corrente em organismos que produzem e que disponibilizam informações de manifesto interesse público, tanto nas dimensões científica e técnica, como na dimensão pedagógica, em sentido restrito, orientada para a formação na instituição escola e, em sentido amplo, orientada para a formação de cidadãos que devem estar integrados plenamente na sociedade pós-moderna de produção de conhecimento. A pós-graduação pretende ainda formar quadros de organismos produtores de elevada massa documental, para que percebam melhor o valor heurístico, endógeno e exógeno, das fontes geradas das atividades correntes. Pretende finalmente capacitar os formandos e profissionais de conhecimentos de preservação e de restauro de forma a potenciar a constituição de bases de dados que suscitem múltiplas utilizações sincrónicas e diacrónicas de grande potencial na perspetiva do cruzamento nominativo, cada vez mais presente pelos desafios que social e economicamente se nos colocam.

DESTINATÁRIOS

Docentes dos segundo e terceiro ciclos e do ensino secundário.
Profissionais em exercício em organizações como:
- Bibliotecas Escolares.
- Bibliotecas Públicas e Especializadas.
- Arquivos Associativos e Pessoais.
- Arquivos Empresariais.
- Industria Editorial.
- Mediatecas.
- Gestão de Coleções e Serviços.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidades Curriculares de Tronco Comum

1. Sistemas de Informação. Redes de Bibliotecas e Redes de Arquivos – 2 ECTS
António Regedor
1.1 Cultura, Educação e Informação.
1.2 Redes privadas e públicas de bibliotecas.
1.3 Redes de Arquivos.
1.4 Sistema bibliotecário e de Arquivo e subsistemas.

2. Gestão de Bibliotecas, Arquivos e Centros de Documentação – 2 ECTS
Rui Leandro Maia
2.1 A biblioteca, Arquivo e centro de documentação como sistema, missão, objectivo e perfil.
2.2 Colecções e Fundos Arquivísticos. Inputs e outputs de bibliotecas e arquivos.
2.3 Normas e legislação. Gestão de recursos. Avaliação de desempenho.

Unidades Curriculares de Especialização

A – Especialização em Tecnologias de Informação

3.  Tecnologias de Informação e Gestão de Bases de Dados – 2 ECTS
Feliz Ribeiro Gouveia
3.1 Competências digitais. 3.2 Dados, informação, conhecimento.

4.  Preservação e Restauro – 2 ECTS
Paulo Rurato e Luís Borges Gouveia
4.1 Características de suportes gráficos electrónicos e digitais.
4.2 Noções de preservação de materiais gráficos, electrónicos e digitais.
4.3 Medidas de preservação construtivas e ambientais em edifícios.
4.4 Medidas preventivas, de preservação e restauro em diversos suportes de informação.
4.5 Avaliação de medidas de restauro a tomar nos diversos suportes de informação.

5. Mediateca e Gestão de Coleções Multimedia – 2 ECTS
Luís Borges Gouveia
5.1 Colecções de documentos electrónicos.
5.2 E-book. Documentos digitais.
5.3 Empréstimo de documentos electrónicos.
5.4 As colecções de informação científica.
5.5 Repositórios.
5.6 Open access.

B – Especialização em Gestão da Informação.

6. Catalogação – 2 ECTS
Maria da Costa
6.1 Ferramentas de descrição bibliográfica Anglo-American Cataloguing Rules (AACR) (ISBD) International Standard Bibliographic Description(ISBD).
6.2 Normas Portuguesas de Catalogação (NPC).

7. Indexação e Classificação – 2 ECTS
António Regedor
7.1 Normas ISO e Normas Portuguesas de análise documental e de construção de tesouros.

8. Gestão, Organização e Dinamização de Bibliotecas Escolares – 2 ECTS
Rui Leandro Maia
8.1 Modelos de gestão.
8.2 Missão, objectivos e organização dos circuitos documentais, de utilizadores.

9. Bibliotecas Especializadas e Cienciometria – 2 ECTS
Maria da Costa
9.1 Perfil e utilizador de biblioteca especializada.
9.2 A informação científica, função, produção, acesso.
9.3 A bibliometria, a publicação, citação, factor de impacto.
9.4 O financiamento da ciência.

10. Leitura Pública – 2 ECTS
Coordenação
10.1 Redes de leitura e suas interligações.
10.2 Os públicos
10.3 Relação leitura e o sistema de ensino.
10.4 Estruturas cooperativas, SABE, Plano nacional de leitura (PNL).
10.5 Promoção da leitura. 10.6 Aprendizagem ao longo da vida. Bibliotecas itinerantes.

11. Arquivística e Descrição Arquivística – 2 ECTS
Coordenação
11.1 Diagnóstico em Arquivo.
11.2 Circuito do tratamento arquivístico.
11.3 Tratamento físico e intelectual da documentação.
11.4 Descrição e classificação arquivística.
11.5 Ordenação arquivística.
11.6 Normas gerais internacionais de descrição em arquivo (ISAD(G).
11.7 Normas internacionais para os registos de autoridade arquivística relativos a instituições, pessoas singulares e famílias (ISAR (CPF).
11.8 Orientações da Direcção Geral de Arquivos  para a descrição arquivística.
11.9 Recuperação da informação em arquivo.

12. História do Livro e Indústria Editorial – 2 ECTS
António Regedor
12.1 Suportes de escrita.
12.2 Actividade no scriptorium.
12.3 A pecia e a universidade.
12.4 Imprensa.
12.5 O jornal, o folhetim e a edição.
12.6 O livro como produto perecível.
12.7 O Bestseller.
12.8 E-book.

13. Normalização (Normas Internacionais) e Boas Práticas em Bibliotecas e Arquivos. – 2 ECTS
Rui Leandro Maia
13.1 Normas ISO, normas Europeias, normas nacionais.
13.2 Manifestos internacionais.
13.3 Guidelines.
13.4 Programas Nacionais de Redes de Bibliotecas e Arquivos.
13.5 Casos exemplares e de referência.

Unidade de Projeto

14. Projeto de intervenção em Bibliotecas e Arquivos – 4 ECTS
Coordenação
14.1 Com base nos conhecimentos teóricos e técnicos fornecidos, suportado em trabalho orientado, serão desenvolvidos projetos de intervenção em bibliotecas e em arquivos, que implicarão o desenvolvimento de uma dissertação sujeita a defesa pública.

METODOLOGIAS

O curso far-se-á integralmente na modalidade de E-learning, com base nos recursos materiais e humanos, de elevada preparação técnica. A plataforma em uso é de dimensão múltipla, incorporando recursos áudio e vídeo, cuja produção é inteiramente endógena a partir do Laboratório de Televisão instalado na Universidade Fernando Pessoa.
Em todos os módulos procura-se transmitir, de forma expositiva e com interação formador-formandos, conhecimentos que tenham aplicação ao quotidiano de profissionais ou de futuros profissionais, privilegiando-se as dimensões prática e teórico-prática, com incidência em casos de estudo que se relacionem com os contextos organizacionais para que a formação se dirige: bibliotecas escolares, bibliotecas municipais, bibliotecas e arquivos empresariais, arquivos públicos e privados com grande potencial de divulgação e de procura.
Os formandos terão acesso, de início, a um cronograma detalhado do curso, de que constam, para cada módulo, sumários, objetivos, tarefas a realizar previamente às sessões síncronas, conteúdos e exercícios nas sessões síncronas, atividades e exercícios nas sessões assíncronas, com inclusão de avaliação formativa e tempos de feedback dos formadores e indicação de avaliações sumativas parcelares.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

A avaliação formativa será contínua e a avaliação sumativa será parcelar para cada um dos módulos, incidindo sobre trabalhos aplicáveis aos quotidianos laborais dos formandos ou sobre estudos de caso, assumindo a forma de classificação quantitativa (numa escala de 1 a 10 valores) e qualitativa (em menções designadas de “Insuficiente” a “Excelente”).

MODALIDADE DO CURSO

A distância: através da plataforma virtual da UFP. Os formandos contarão com uma tutoria permanente pela plataforma virtual nas dimensões síncrona e assíncrona.
Os docentes elaborarão materiais de estudo e exercícios sobre cada um dos módulos com bibliografia e recursos complementares para exercícios adaptados a necessidades dos formandos.Cada módulo terá uma avaliação através de trabalhos práticos com produção de feedback.

CERTIFICAÇÃO

Os formandos que concluírem a pós-graduação com aproveitamento, receberão um certificado de formação da UFP conferente de 30 ECTS.
Receberão ainda, para os que estão em exercício na condição de professores bibliotecários, 2 créditos, correspondentes a 50 horas, nos termos do regulamentado para a formação contínua de professores dos ensinos básico e secundário (créditos em apreciação para homologação junto da entidade CCPFC).

DURAÇÃO

50 horas por unidade curricular: 10 horas síncronas e 40 horas assíncronas.
100 horas na Unidade de Projeto: 20 horas síncronas e 80 horas assíncronas.

REALIZAÇÃO

De 2 de junho a 24 de novembro de 2017.
Aulas síncronas: quartas e sextas-feiras, das 18h00 às 21h00, e sábados, das 10h00 às 13h00.

CUSTOS

Curso Completo (o pagamento pode ser feito na íntegra ou faseado até 3 vezes):
Regime Geral: 780,00 Euros.
Regime Específico: 650,00 Euros (para alunos e ex-alunos da UFP e representantes de entidades protocoladas com a UFP).

Cada Unidade Curricular:
Regime geral: 90,00 Euros.
Regime Específico: 70,00 Euros (para alunos e ex-alunos da UFP e representantes de entidades protocoladas com a UFP).

NÚMERO DE FORMANDOS

N.º Mínimo: 10.

Inscrição

UFP TV
O Laboratório de Televisão funciona como um centro de produção de vídeo para apoio às actividades da Universidade.
Ver streamingVer Galeria de Vídeos
Secretaria Virtual
E-Learning
UFP-Universidade Virtual
Biblioteca
As Bibliotecas da UFP têm como missão permitir o acesso aos recursos informativos necessários ao desempenho das funções de ensino, investigação e aprendizagem, bem como conservar e preservar as suas colecções.
Ver streaming
Webmail
Acesso ao Webmail da Universidade Fernando Pessoa.
A UFP utiliza a plataforma/serviços gmail para fornecimento de serviços de correio electrónico.
Aceder ao webmail