Home » Práticas de Socorro na Escola

Práticas de Socorro na Escola

Formação Acreditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua,
com o registo: CCPFC/ACC-69426/12


Objectivos

No final da formação, o formando deverá ser capaz de:
· Proceder à demonstração do material de Primeiros Socorros a toda a comunidade escolar.
· Organizar simulações de acidente/doença súbita na escola, que justifiquem a importância da estabilização da(s) vítima(s) no local.
· Sensibilizar a comunidade escolar, em situações de maior complexidade, para “o que não se deve fazer”, de modo a não comprometer a qualidade de vida futura da(s) vítima(s).

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário.

Conteúdo Programático

Módulo 1: Princípios Gerais de Socorro
1.1 Sistema Integrado de Emergência Médica
1.2 Plano de Acção
1.3 Prevenção e Socorro Primário e Secundário
Módulo 2: Material de Socorro
2.1 Apresentação do material indispensável no primeiro socorro
2.2 Demonstração de cada material e sua utilização
2.3 Concepção de material improvisado pelo socorrista para o mesmo efeito
Módulo 3: Práticas de Socorro
3.1 Coberturas com ligaduras e/ou lenços triangulares para feridas, queimaduras e
hemorragias
3.2 Imobilizações com ligaduras e/ou lenços triangulares para lesões musculares,
articulações e ósseas (fracturas)
3.3 Transportes sem maca ou com maca improvisada
Módulo 4: Organização das simulações nas escolas, tendo em conta o plano de intervenção das mesmas

Metodologia

· Desenvolvimento de um plano de acção de socorro, tendo em conta os meios de auxílio existentes no meio envolvente de cada escola.
· Demonstração e prática das técnicas de socorro para feridas, queimaduras, hemorragias, lesões nas articulações, músculos e ossos, e a respectiva evacuação da vítima, alertando para a eventual suspeita de trauma.
· Apresentação, por parte de cada participante, de uma simulação com temas diferentes, utilizando os seus próprios materiais sobre vítimas devidamente identificadas, com sintomatologias definidas, afim de lhe prestar o devido socorro.

Sistema de Avaliação: Avaliação contínua, através dos trabalhos práticos desenvolvidos ao longo das sessões, e avaliação final, com base num teste escrito e numa simulação de acidente, que terá em consideração a capacidade de demonstração técnica, com atribuição de classificação final. A conclusão com aproveitamento e a emissão de certificado de participação implicam a frequência de um mínimo de 70% das horas totais do Curso.

Formadora

Eduarda Ferreira. Formadora acreditada, desde 1987, pela Escola de Socorrismo da Cruz Vermelha Portuguesa, com trabalho sistemático desenvolvido junto de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e professores.

Certificação

No final da formação, será atribuído um Certificado de Participação com 0.8 créditos, aos formandos que concluírem o Curso com aproveitamento e que respeitarem o limite máximo de faltas de 30% das horas totais do Curso, e com classificação quantitativa (numa escala de 0 a 10 valores) e qualitativa (oscilando entre o insuficiente e o excelente), em correspondência com os termos de orientação conjunta CCPFC/DGRHE (Carta Circular CCPFC 3/2007).

Para os efeitos previstos no artigo 5º do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente acção releva para efeitos de progressão na carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário, e Professores de Educação Especial.

Duração

20 horas.

Horário

A definir

terças e sextas-feiras, das 18h00 às 20h00.

Custo

Regime Geral: 100,00 Euros.
Regime Específico: 85,00 Euros (aplicável a associados de entidades protocoladas neste âmbito de formação).
Certificado: custo adicional de 5,00 Euros.

Número de Formandos

N.º Mín. de Formandos: 12
N.º Máx. de Formandos: 20

Inscrição

UFP TV
O Laboratório de Televisão funciona como um centro de produção de vídeo para apoio às actividades da Universidade.
Ver streamingVer Galeria de Vídeos
Secretaria Virtual
E-Learning
UFP-Universidade Virtual
Biblioteca
As Bibliotecas da UFP têm como missão permitir o acesso aos recursos informativos necessários ao desempenho das funções de ensino, investigação e aprendizagem, bem como conservar e preservar as suas colecções.
Ver streaming
Webmail
Acesso ao Webmail da Universidade Fernando Pessoa.
A UFP utiliza a plataforma/serviços gmail para fornecimento de serviços de correio electrónico.
Aceder ao webmail