APRESENTAÇÃO

O Regime de Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos designa as provas especialmente adequadas e destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior de candidatos maiores de 23 anos.

De acordo com o Regulamento, este regime compreende três componentes de avaliação, que ponderam para a classificação final do candidato:

Currículo – 40%
Entrevista – 15%
Duas Provas de Ingresso – 45%

A apreciação curricular e a entrevista, realizadas pelo Júri das Provas da UFP, bem como as provas de ingresso, organizadas por Faculdade, são efetuadas nas instalações da UFP do Porto e de Ponte de Lima.

Obtido aproveitamento, os participantes poderão candidatar-se aos cursos de licenciatura ou de mestrado integrado da Universidade Fernando Pessoa, nos termos definidos no n.º 2 do artigo 24.º do Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho.

A admissão dos candidatos está condicionada à satisfação dos requisitos legalmente exigidos, ao número de vagas de cada curso e à obtenção de classificação ponderada positiva, igual ou superior a 10 valores arredondados à unidade, sendo que nenhuma das componentes de avaliação é de partida, em caso de classificação parcial negativa, eliminatória.

Todo o processo de avaliação decorre nas instalações da UFP, Porto e Unidade de Ponte de Lima.

CONDIÇÕES DE CANDIDATURA

REQUISITOS DE CANDIDATURA
Podem inscrever-se para a realização das provas os candidatos que, cumulativamente:

1. Completem 23 anos de idade até ao dia 31 de dezembro do ano que antecede a realização das provas;
2. Não sejam titulares de habilitação de acesso ao ensino superior.
2.1. Considera-se titular da habilitação de acesso ao ensino superior quem tenha realizado e obtido aprovação nas provas de ingresso para o curso superior, onde pretende ingressar, ou titular que reúna condições para ingressar através de outro regime ou concurso especial de acesso.

DOCUMENTOS PARA CANDIDATURA
A candidatura pode ser submetida
 online ou presencialmente no Gabinete de Ingresso da UFP, no Porto, ou na Secretaria da Unidade de Ponte de Lima, tendo que ser instruída com os seguintes documentos:

– Boletim de Candidatura devidamente preenchido;
– Documento de Identificação*;
– Fotocópia do Cartão de Contribuinte;
– Documento comprovativo do estatuto de familiar de portugueses ou de nacionais de um Estado membro de UE (se aplicável);
– Exposição por escrito ao Júri das Provas sobre as motivações de candidatura (modelo livre);
– Curriculum Vitae pormenorizado, de acordo com o Modelo Europass (ligação);
– Elementos probatórios das atividades mencionadas no Curriculum Vitae;
– Certificado de Habilitações**;

– Declaração, sob compromisso de honra, que não é titular de habilitações de acesso ao ensino superior (modelo UFP / modelo ESS-FP);
– Certificado comprovativo de aprovação nas provas de maiores de 23, com identificação das mesmas emitido pelo Estabelecimento de Ensino Superior em que foram realizadas (se aplicável).

Observação: A candidatura apenas é validada após o pagamento da respetiva taxa.

* Cidadão da União Europeia: documento de identificação da União Europeia;
Cidadão extracomunitário a residir em Portugal: passaporte com Visto de Estudante para Portugal ou passaporte + Título de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal.

** Informação importante:
– Os selos brancos ou carimbos das entidades emissoras dos certificados devem estar claramente visíveis na candidatura online.
– Certificados de instituições estrangeiras:
a) A certidão de disciplinas tem que incluir a respetiva escala de notas quantitativa, com a indicação da nota mínima para aprovação, utilizada na avaliação curricular.
b) Documentos académicos devem ser emitidos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês. Se emitidos noutra língua deverão ser traduzidos para Português, por um tradutor reconhecido pelas autoridades diplomáticas portuguesas.
– Certificados de instituições de ensino extracomunitárias: Originais ou fotocópias, têm que ser autenticados com a
 Apostilha da Convenção de Haia no país da realização do curso; caso o país não tenha aderido à Convenção, o documento tem que estar autenticado pelos serviços oficiais de educação desse país e respetiva autoridade diplomática portuguesa.

 

CONDIÇÕES DE CANDIDATURA PARA TOC
A UFP criou condições para que os TOC, comprovadamente inscritos na OTOC – Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, há mais de cinco anos, possam aceder aos 1º Ciclos de Estudos (licenciatura) em Ciências Empresariais (Porto), nomeadamente através dos planos para maiores de 23 anos.

De acordo com os Artigos 4.º e 6.º do Regulamento n.º 324/2009, publicado em Diário da República, conceder-se-á a creditação de Unidades Curriculares (até 90 ECTS), tendo em conta a experiência profissional mínima de CINCO ANOS e a exigência das regras de inscrição que se supõem satisfeitas.

Salvaguarda-se que:

  1. Não há reembolso de taxas pagas, nem devolução de documentação entregue;
  2. Não são consideradas nem candidaturas nem aceites matrículas incompletas;
    2.1.A candidatura é apenas validada após o pagamento da taxa de candidatura.
    2.2. A matrícula é apenas validada após o pagamento da taxa de matrícula e de propina.
  3. A abertura dos cursos obedece a um número mínimo de matrículas.
  4. Candidatos de países cuja língua oficial não seja o português que sejam admitidos nos ciclos de estudos com estágios/práticas clínicas, nas Clínicas Pedagógicas da UFP, no Hospital-Escola da UFP ou em Unidades de Saúde externas (Análises Clínicas e Saúde Pública, Ciências da Nutrição, Ciências Farmacêuticas, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina Dentária, Terapêutica da Fala) terão que entregar comprovativo de proficiência da língua portuguesa no ato da matrícula.
    4.1. Estudantes que não entreguem esse comprovativo no ato da matrícula, serão obrigatoriamente inscritos para frequência do curso de “Português para Estrangeiros.
    4.1.1. A duração do curso é de dois anos letivos, sendo a aprovação necessária para poderem prosseguir para a formação clínica.
    4.1.2. Alunos que não obtenham aprovação ao curso no final dos dois anos, terão que frequentar um 3º ano do curso.
    4.2. A frequência do curso está sujeita ao pagamento da respetiva taxa em vigor.

PROVAS DE INGRESSO

SOBRE AS PROVAS DE INGRESSO
As provas de ingresso da UFP são realizadas por Faculdade:
– Candidatos nacionais ou estrangeiros, cuja língua materna seja o Português: uma prova de Português e uma prova específica, de acordo com os respetivos Programas (consulte abaixo as respetivas ligações);
– Candidatos estrangeiros, cuja língua materna seja distinta do Português: uma prova de Inglês e uma prova específica, em inglês, de acordo com os respetivos Programas (consulte abaixo as respetivas ligações).

Faculdade de Ciência e Tecnologia
– Prova de Português (PT) ou de Inglês (ENG)
– e Prova de Matemática (PT/ENG)
Para candidatura a: 
Arquitectura e Urbanismo (MI) / Engenharia Informática / Engenharia Civil / Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Faculdade de Ciências da Saúde | Escola Superior de Saúde
– Prova de Português (PT) ou de Inglês (ENG)
– e Prova de Biologia (PT/ENG)
Para candidatura a: 
Ciências da Nutrição / Ciências Farmacêuticas (MI) / Medicina Dentária (MI); Análises Clínicas e Saúde Pública / Enfermagem / Fisioterapia / Terapêutica da Fala

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais
– Prova de Português (PT) ou de Inglês (ENG)
– e Prova de Ciência Política e do Comportamento (PT/ENG)
Para candidatura a: 
Ciência Política e Relações Internacionais / Criminologia / Psicologia
OU
– Prova de Português (PT) ou de Inglês (ENG)
– e Prova de Ciências Empresariais e da Comunicação (PT/ENG)
Para candidatura a: 
Ciências Empresariais / Ciências da Comunicação

PREPARAÇÃO PARA AS PROVAS
A UFP apoia os candidatos na sua preparação, tomando em consideração os conteúdos específicos das provas realizadas por Faculdade:

– Provas resumo com os objetivos, os conteúdos da prova e a bibliografia de referência;
Cursos de preparação de curta duração, com aulas a partir das 17h00, destinados a preparar os candidatos para as provas de acesso e ingresso e, simultaneamente, para a compreensão de temáticas essenciais à frequência universitária. 

DATAS E TAXAS

CANDIDATURAS 2021/22
ENCERRADAS

 

2ª FASE (apenas para cursos com vagas sobrantes*)
Candidaturas: 14 de junho a 22 de julho de 2021
Inscrição nos cursos de preparação: 14 de julho a 27 de julho de 2021**
Cursos de preparação: 1 a 10 de setembro de 2021***
Provas internas: 15 e 16 de setembro de 2021***
Entrevista: 13 a 17 de setembro de 2021***
Afixação de resultados: 24 de setembro de 2021
Matrículas Online: 27 a 30 de setembro de 2021
Validação da matrícula****: até 7 de outubro de 2021
Início do ano letivo: setembro de 2021

* Vagas de 2ª fase 2021-22:

Faculdade de Ciência e Tecnologia
Arquitetura e Urbanismo: 6
Engenharia Civil: 3
Engenharia Informática: 2
Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança: 4

Faculdade de Ciências da Saúde
Ciências da Nutrição: 2
Ciências Farmacêuticas: 12
Medicina Dentária: 4

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais
Ciência Política e Relações Internacionais: 2
Ciências da Comunicação: 2
Ciências Empresariais: 1
Criminologia: 9
Psicologia: 3

Escola Superior de Saúde Fernando Pessoa
Análises Clínicas e Saúde Pública: 2
Enfermagem: 1
Fisioterapia: 8
Terapêutica da Fala: 3


** Pressupõe a submissão prévia da candidatura
*** Datas sujeitas a confirmação
**** Para entrega de documentos em falta (se aplicável)


TAXAS

  • Curso de Preparação para as Provas: custo adicional de 50€ por curso.
  • Taxas Escolares (consulte o documento adequado ao seu caso): 

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

  • 1º ciclo e Mestrados Integrados 2021/22 UFP – 1º ano (PDF)*
  • 1º ciclo e Mestrados Integrados 2021/22 UFP – anos seguintes (PDF)*
  • 1º ciclo e Mestrados Integrados 2021/22 UFP – Estudantes externos e regime parcial (PDF)*

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE FERNANDO PESSOA

  • 1º ciclo 2021/22 ESS-FP – 1º ano (PDF)*
  • 1º ciclo 2021/22 ESS-FP – anos seguintes (PDF)*
  • 1º ciclo 2021/22 ESS-FP – Estudantes externos e regime parcial (PDF)*

* Não dispensa a consulta do documento de Normas Gerais Relativas ao Pagamento das Taxas Escolares na UFP/ESS-FP 2021/22, disponível na área de Regulamentos.

REGULAMENTO

O Regulamento das provas de acesso e ingresso na Universidade Fernando Pessoa de Maiores de 23 anos fixa os procedimentos para a realização das provas especialmente adequadas e destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, de acordo com o estipulado no Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março, alterado pelos Decretos-Leis n.º 113/2014, de 16 de julho, e n.º 63/2016, de 13 de setembro.

Consulte o Regulamento.