1. Condições gerais

De acordo com o nº 1, do artigo 2.º, do Regulamento nº 306/2008 de 9 de junho, podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor:

  • Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
  • Os titulares de grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Executivo da Escola de Estudos Pós-graduados e de Investigação da Universidade Fernando Pessoa;
  • Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Executivo da Escola de Estudos Pós-graduados e de Investigação da Universidade Fernando Pessoa.

2. Condições específicas

2.1. Doutoramento em Ciências da Terra: Mestrado obtido em Instituições de Engenharia, de Ciências ou de Ciências e Tecnologia. Preferencialmente, com licenciaturas nas mesmas áreas.
2.2. Doutoramento em Ecologia e Saúde Ambiental: Formação suficiente nas áreas de Ciências ou Engenharia, bem como Mestrado numa das seguintes áreas: Ambiente, Biologia, Ciências da Saúde ou Química.

1. Submissão da candidatura:

1.1. Online: em http://candidaturas.ufp.pt > Doutoramento

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Diploma ou certificado do mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
  • Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia (Cidadãos Extracomunitários residentes no estrangeiro: Passaporte, para, sendo admitidos, se emitir carta de aceitação para obtenção do Visto de Estudante).

# A candidatura online apenas é validada após o pagamento da taxa de candidatura.

1.2. Presencialmente, no Gabinete de Ingresso

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Diploma ou certificado do mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
  • Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Boletim de candidatura devidamente preenchido (PDF);
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Candidatura.


2. Matrícula

Os candidatos admitidos terão que efetuar a sua matrícula presencialmente no Gabinete de Ingresso.

2.1. Candidatos que efetuaram a candidatura online

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Diploma ou certificado do mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

2.2. Candidatos que efetuaram a candidatura presencialmente

Documentos necessários:

  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

3. Notas
3.1. Não aplicável a ex-alunos da UFP;3.2. Certidões provenientes de estabelecimentos de ensino estrangeiro:

– Originais ou fotocópias têm que estar autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática portuguesa ou trazer a Apostilha de Haia (ligação).
– Estas autenticações devem estar claramente visíveis nas versões digitais submetidas nas candidaturas online.
3.3. Documentos académicos ou profissionais devem ser emitidos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês. Se emitidos noutra língua deverão ser traduzidos para Português, por um tradutor reconhecido pelas autoridades diplomáticas portuguesas.
3.4. O Plano de Intenções tem que seguir o modelo fornecido pelo Gabinete de Ingresso da UFP e não poderá exceder as 10 páginas;
3.5. Apenas podem ser aceites candidaturas completas, isto é, aquelas que reunirem todos os documentos indicados no ponto 1;
3.6. Não é efetuada a devolução de documentação entregue.
3.7. A abertura dos cursos obedece a um número mínimo de matrículas.

1. Submissão da candidatura:

1.1. Online: em http://candidaturas.ufp.pt > Doutoramento

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
  • Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Cópia do documento de identificação (Cidadãos Extracomunitários residentes no estrangeiro: Passaporte, para, sendo admitidos, se emitir carta de aceitação para obtenção do Visto de Estudante).
    # A candidatura online apenas é validada após o pagamento da taxa de candidatura.

1.2. Presencialmente, no Gabinete de Ingresso:

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
    – Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Boletim de candidatura devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Candidatura.

2. Matrícula:
Os candidatos admitidos terão que efetuar a sua matrícula presencialmente no Gabinete de Ingresso.

2.1. Candidatos que efetuaram a candidatura online:

Documentos necessários:

  • Diploma ou certificado da licenciatura (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Diploma ou certificado do mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

2.2. Candidatos que efetuaram a candidatura presencialmente:

Documentos necessários:

  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

3. Notas:
3.1. Não aplicável a ex-alunos da UFP;
3.2. Certidões provenientes de estabelecimentos de ensino estrangeiro:
– Originais ou fotocópias têm que estar autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática portuguesa ou trazer a Apostilha de Haia (ligação).
– Estas autenticações devem estar claramente visíveis nas versões digitais submetidas nas candidaturas online.
3.3. Documentos académicos ou profissionais devem ser emitidos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês. Se emitidos noutra língua deverão ser traduzidos para Português, por um tradutor reconhecido pelas autoridades diplomáticas portuguesas.
3.4. O Plano de Intenções tem que seguir o modelo fornecido pelo Gabinete de Ingresso da UFP e não poderá exceder as 10 páginas;
3.5. Apenas podem ser aceites candidaturas completas, isto é, aquelas que reunirem todos os documentos indicados no ponto 1;
3.6. Não é efetuada a devolução de documentação entregue.
3.7. A abertura dos cursos obedece a um número mínimo de matrículas.

1. Submissão da candidatura:
1.1. Online: em http://candidaturas.ufp.pt > Doutoramento

Documentos necessários:

  • Certidão de habilitações de curso superior, licenciatura ou mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Cópias das publicações constantes no Curriculum Vitae (Ver Nota 3.5);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
  • Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Cópia do documento de identificação (Cidadãos Extracomunitários residentes no estrangeiro: Passaporte, para, sendo admitidos, se emitir carta de aceitação para obtenção do Visto de Estudante).
    # A candidatura online apenas é validada após o pagamento da taxa de candidatura.

1.2. Presencialmente, no Gabinete de Ingresso:

Documentos necessários:

  • Certidão de habilitações de curso superior, licenciatura ou mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Curriculum Vitae (Modelo Europass – ligação);
  • Plano de Intenções da tese (PDF) (Ver Nota 3.4);
  • Cópias das publicações constantes no Curriculum Vitae (Ver Nota 3.5);
  • Parecer e Termo de Aceitação do orientador sobre o Plano de intenções da tese (PDF);
  • Currículo do orientador (apenas aplicável para orientadores externos à UFP);
  • Candidatos estrangeiros terão que apresentar comprovativo de proficiência da língua na qual pretendem estudar;
  • Boletim de candidatura devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Candidatura.

2. Matrícula:
Os candidatos admitidos terão que efetuar a sua matrícula presencialmente no Gabinete de Ingresso.

2.1. Candidatos que efetuaram a candidatura online:

Documentos necessários:

  • Certidão de habilitações de curso superior, licenciatura ou mestrado (Ver Notas 3.1, 3.2 e 3.3);
  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Cópia do documento de identificação fiscal (para emissão de recibos);
  • Cópia do documento de identificação da União Europeia;  Cidadãos Extracomunitários: Visto de Estudante ou Cartão de Residência emitido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação);
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

2.2. Candidatos que efetuaram a candidatura presencialmente:

Documentos necessários:

  • Boletim de matrícula devidamente preenchido (fornecido pela UFP);
  • Fotografia (3 x 4 cm);
  • Atestado médico e boletim de vacinas atualizado;
  • Pagamento da Taxa de Matrícula e de Propina.

3. Notas:
3.1. Não aplicável a ex-alunos da UFP;
3.2. Certidões provenientes de estabelecimentos de ensino estrangeiro:
– Originais ou fotocópias têm que estar autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática portuguesa ou trazer a Apostilha de Haia (ligação).
– Estas autenticações devem estar claramente visíveis nas versões digitais submetidas nas candidaturas online.
3.3. Documentos académicos ou profissionais devem ser emitidos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês. Se emitidos noutra língua deverão ser traduzidos para Português, por um tradutor reconhecido pelas autoridades diplomáticas portuguesas.
3.4. O Plano de Intenções tem que seguir o modelo fornecido pelo Gabinete de Ingresso da UFP enão poderá exceder as 10 páginas;
3.5. Tratando-se de livros, deverão ser enviados pelo correio ao cuidado do Gabinete de Ingresso, para Praça 9 de Abril, 349 | 4249-004 Porto | Portugal;
3.6. Apenas podem ser aceites candidaturas completas, isto é, aquelas que reunirem todos os documentos indicados no ponto 1;
3.7. Não é efetuada a devolução de documentação entregue.
3.8. A abertura dos cursos obedece a um número mínimo de matrículas.
3.9. De acordo com a legislação em vigor, os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico legal e estatutariamente competente da universidade onde pretendem ser admitidos. Contudo, este reconhecimento é apenas para efeitos de acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou de mestre, ou ao seu reconhecimento.