SOBRE O CURSO

REGIME B-LEARNING

A existência de boas condições de Segurança e Saúde no Trabalho está associada a criatividade, motivação, qualificação, bem-estar físico e psíquico, suporte social, redução das doenças e dos acidentes de trabalho, maior produtividade e menor absentismo.

Na conjuntura atual das políticas de saúde originadas pelas diretivas da OMS, onde se debatem as competências, capacidades, aptidões dos enfermeiros nas mais variadas áreas, torna-se obrigatório projetar a Enfermagem do Trabalho.

A necessidade formativa para exercício profissional do Enfermeiro do Trabalho foi publicado pela Direção Geral de Saúde (DGS), na orientação n.º 009/2014 de 03/06/2014, que possibilita o reconhecimento da habilitação e autorização transitória para o exercício de Enfermagem do Trabalho, visando dar cumprimento à Lei nº 102/2009, de 10 de setembro, que estabelece o regime jurídico da promoção da saúde e segurança do trabalho.

A Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho visa dotar os enfermeiros de competências próprias que lhes permitam agir no ambiente específico das organizações de trabalho, baseada nas necessidades do trabalhador e no local de trabalho, contribuindo assim para a ambientes de trabalho saudáveis, qualidade de vida do trabalhador e ganhos para as organizações e trabalhadores.

A Pós-graduação em Enfermagem no trabalho  tem como objetivos:

  •  Adquirir conhecimentos científicos e competências para o exercício da atividade de Enfermagem do Trabalho;
  • Debater o enquadramento legal nacional e internacional da Segurança e Saúde no Trabalho;
  • Dominar a organização, as atividades e responsabilidades dos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho;
  •  Avaliar/classificar os riscos profissionais no local de trabalho;
  • Examinar os instrumentos do planeamento em saúde, na perspetiva da Enfermagem do Trabalho;
  • Entender os princípios de uma cultura de prevenção, desenvolvendo comportamentos seguros no âmbito da Segurança e Saúde no Trabalho;
  • Desenvolver os princípios e as práticas de promoção e prevenção da saúde nos locais de trabalho;
  •  Incorporar diretivas e conhecimentos, na conceção, gestão e disseminação de projetos na área da qualidade da Enfermagem do Trabalho;
  • Desenvolver competências para elaboração, em contexto de trabalho, de projetos de promoção e prevenção da saúde, cooperando para a evolução e produção de conhecimento na área de Enfermagem do Trabalho.

A QUEM SE DESTINA
Licenciados em Enfermagem

DURAÇÃO
O curso tem a duração de 240 horas, distribuídas por aproximadamente 5 meses. Corresponde a 30 ECTS

LOCAL E HORÁRIO
Universidade Fernando Pessoa
Sextas-feiras*: 16:00 – 22:00; Sábados*: 09:00 – 14:00
*preferencialmente

CERTIFICADO
A conclusão com aproveitamento confere certificado pela Universidade Fernando Pessoa

PLANO DE ESTUDOS

UNIDADES CURRICULARES ECTS

Objetivos:
1. Descrever os princípios e domínios de ambiente, Segurança e Saúde no local de trabalho (SST);
2. Conhecer o enquadramento legal nacional e internacional da SST e os princípios de promoção e prevenção;
3. Contextualizar o acidente de trabalho e a doença profissional, reconhecendo as causas, custos e consequências das lesões profissionais;
4. Fomentar comportamentos seguros no domínio da SST.

Competências:
1. Domina os princípios que visam promover a Saúde e Segurança no Trabalho em Portugal e na Europa;
2. Implementa mecanismos formais para a participação dos incidentes/acidentes/DP;
3. Conhece princípios e práticas de informação e comunicação em SST, designadamente no que respeita a planos de emergência, combate a incêndios, evacuação e primeiros socorros;
4. Integra comportamentos seguros e responsáveis no âmbito da SST.

Objetivos:
1. Identificar os perigos e riscos profissionais no local de trabalho;
2. Estimar os riscos profissionais no local de trabalho;
3. Promover o desenvolvimento de um sistema integrado de prevenção de riscos profissionais;
4. Delinear/ implementar/avaliar programas que visem a redução dos riscos profissionais;

Competências:
1. Conhece Termos e definições utilizados em SST como o conceito de Perigo e Risco;
2. Reconhece os perigos e riscos profissionais no local de trabalho;
3. Elabora mapas de risco, estabelecendo medidas de intervenção;
4. Elabora programas e medidas que visem a minimização dos riscos nos locais de trabalho;
5. Difunde informação dirigida aos diferentes riscos profissionais;
6. Planeia/executa sessões formativas no âmbito da SST.

Objetivos:
1. Conhecer conceitos estudo da ergonomia;
2. Enquadrar a ergonomia no contexto laboral;
3. Desenvolver conhecimentos relacionados com metodologias para obtenção de parâmetros antropométricos;
4. Descrever riscos para pessoas e trabalho da inadaptação ergonómica dos instrumentos, utensílios, equipamentos, ambiente, postos e locais de trabalho;
5. Avaliar riscos da inadaptação ergonómica do ambiente, local ou posto de trabalho e propor formas de eliminar ou minimizar;
6. Identificar relações existentes entre condições de trabalho e efeitos nos trabalhadores.

Competências:
1. Integra princípios e domínios da ergonomia no trabalho e fundamentação científica;
2. Domina metodologias de medição de parâmetros antropométricos;
3. Gera respostas de adaptabilidade individual nos postos trabalho utilizando metodologia ergonómica;
4. Executa avaliação dos postos trabalho, para implementar estratégias ergonómicas;
5. Minimiza efeitos nocivos do trabalho através da adequação dos recursos e metodologias de trabalho.

Objetivos:
1. Saber analisar e integrar os factores psicossociais na análise dos sistemas de trabalho;
2. Saber organizar, planear e aplicar estratégias de intervenção psicossocial nos sistemas de trabalho
3. Desenvolver a capacidade de análise e diagnóstico psicossocial nos contextos de trabalho.

Objetivos:
1. Adquirir competências no âmbito da gestão de SSST;
2. Conhecer a organização, atividades e responsabilidades dos SSST e funções dos elementos que integram a equipa pluridisciplinar;
3. Conjeturar a promoção da SST relacionando com custos decorrentes de acidente/doença profissional;
4. Participar na organização de planos de emergência, combate a incêndios, evacuação e primeiros socorros;
5. Planear e implementar programas de gestão da SST.

Competências:
1. Integra a equipa de SST e reconhece os diferenciados papéis e funções dos membros da equipa pluridisciplinar;
2. Conhece e domina a legislação, políticas e procedimentos de gestão em Enfermagem do Trabalho;
3. Domina políticas de gestão dos riscos profissionais;
4. Concebe mecanismos formais que possibilitem estimar a efetividade das estratégias, planos e processos da gestão do risco.
5. Conhece princípios e práticas de informação e comunicação em SST em planos de emergência, combate a incêndios, evacuação e primeiros socorros.

Objetivos:
1. Ampliar conhecimentos no âmbito da Enfermagem do Trabalho;
2. Adquirir competências de enfermeiro do trabalho, que possibilitem intervir no âmbito da promoção, da proteção e no restabelecimento da saúde do trabalhador;
3. Desenvolver competências para elaboração e implementação de projetos de promoção e prevenção da saúde e segurança no local de trabalho.

Competências:
1. Demonstra conhecimentos no âmbito da Enfermagem do Trabalho;
2. Intervém nos domínios da promoção e prevenção da saúde e segurança no trabalho e diligencia ambientes de trabalho saudáveis;
3. Domina e aplica a legislação, políticas e procedimentos no âmbito da saúde e segurança no trabalho;
4. Implementa programas de melhoria contínua da qualidade do local de trabalho, valorizando a hierarquização dos princípios da prevenção.

Objetivos:
1. Contribuir para sensibilizar os alunos para a problemática global da Saúde Ocupacional;
2. Refletir sobre as exigências éticas e deontológicas em enfermagem do trabalho: colaboradores, família, seus colegas de trabalho, e a própria organização do trabalho e da empresa.

Competências:
1. Conhecer e identificar os deveres e aspetos éticos inerentes à enfermagem do trabalho;
2. Demonstrar competências éticas e juízos morais ponderados na resolução de problemas;
3. Estruturar os conhecimentos referidos a um conjunto de passos, regras e ações dirigidas para a resolução de dilemas éticos e processo de tomada de decisão.

Objetivos:
1. Adquirir competências no âmbito da gestão de SSST
2. Promover a familiarização com o processo de investigação científica
3. Analisar os paradigmas da investigação
4. Promover a facilidade de apresentação de resultados de investigação científica, quer aos pares quer em termos de divulgação
5. Promover a capacidade de reconhecimento e utilização de vários graus de cientificidade do texto escrito

CORPO DOCENTE

Mestre Bruno Vieira · Mestre Carlos Ferreira · Profª. Doutora Carla Barros · Dra. Diana Gomes  · Prof. Doutor Germano Couto · Dr. José Brandão Guerreiro · Profª. Doutora Maria Margarida Ferreira · Mestre Teresa Brandão 

COORDENAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO

Profª. Doutora Maria Margarida Ferreira

Envie o formulário para ser contactado pela coordenação do curso



CandidatoProfissionalOutro


PortugalPaís UEOutro País














DATAS E CUSTOS

Edição 2018-19
CANDIDATURAS: 1ª fase: até 21 SET. 2018 | 2ª fase: até 5 OUT. 2018
CRONOGRAMA: 11 OUT. 2018 A 13 ABR. 2019

VER TAXAS