SOBRE O CURSO

A evolução da Medicina Dentária nos últimos anos tem resultado numa cada vez maior complexidade dos diferentes tratamentos e técnicas. Este facto levou à necessidade da sub-especialização profissionalizante e académica, ou seja, a Medicina Dentária não pode ser mais encarada como uma área só, mas como um conjunto de áreas que incluem a Cirurgia, Ortodontia, Periodontologia, Prostodontia, entre outras.

O Master em Periodontologia e Implantologia foi desenhado para proporcionar ao médico dentista uma formação especializada teórica e prática no campo do Tratamento Periodontal e Implantológico e da Prótese sobre Implantes.

No final do curso, o aluno deverá:

  • Conhecer de forma aprofundada as técnicas de diagnóstico periodontal.
  • Estabelecer planos de tratamento adequados.
  • Identificar as doenças de tipo periodontal e a sua etiopatogenia.
  • Estar capacitado para a realização de tratamento periodontal básico.
  • Estar habilitado para a realização de diferentes técnicas de cirurgia periodontal, regenerativas, ressetivas e mucogengival.
  • Ser capaz de integrar a implantologia num plano de tratamento reabilitador.
  • Estar familiarizado com as técnicas cirúrgicas do tratamento com implantes dentários.
  • Dominar os procedimentos de aumento de disponibilidade óssea.
  • Ser capaz de identificar a patologia perimplantária e aplicar a terapia mais adequada.
  • Estar capacitado para a realização de investigação clínica e laboratorial.
  • Ter as bases teóricas e práticas para a elaboração e publicação de artigos e trabalhos científicos.
  • Permitir relacionar a Periodontologia e Implantogia com outras áreas da Medicina Dentária.

A QUEM SE DESTINA
Médicos Dentistas com licenciatura ou mestrado inscritos na Ordem Médicos Dentistas ou entidade profissional equivalente de outro país da União Europeia.

DURAÇÃO
A duração total será de 3 anos correspondentes a 4500 horas (180 ECTS), correspondente a 60 ECTS anuais.
O 3º ano corresponde à elaboração e apresentação do trabalho final de dissertação, conforme manual de elaboração de trabalhos científicos da UFP.

LOCAL E HORÁRIO
O curso realiza-se no Hospital-Escola da Universidade Fernando Pessoa.O ensino presencial decorre de Segunda-feira a Sábado das 08:00 às 19:00, com uma periodicidade mensal.

METODOLOGIA DIDÁTICA
Aulas teóricas (pelo formador responsável) – onde serão abordados os conteúdos teóricos programáticos dos temas específicos da Periodontologia e Implantologia
Seminários teóricos – os formandos serão orientados para a elaboração e apresentação de seminários sobre temas pertinentes relativos à Periodontologia e Implantologia
Práticas pré-clínicas – os formandos realizarão práticas de técnicas clínicas como preparação para o atendimento a pacientes bem como técnicas de laboratório que poderão complementar o tratamento de pacientes na área da Implantologia
Seminários de revisão de literatura científica – onde os formandos abordam toda a literatura clássica e actual relevante na área da Implantologia
Seminários de planos de tratamento – será o espaço onde os formandos poderão realizar a apresentação de casos clínicos que serão debatidos com o corpo docente do curso assim como com eventuais docentes convidados de forma a permitir uma visão integrada do tratamento reabilitador em Medicina Dentária
Prática clínica – onde os formandos realizarão atendimento clínico a pacientes para tratamentos na área da Implantologia
Ensino à distância – serão organizadas sessões de interativas discussão de casos clínicos e de temas específicos mediante plataforma de e-learning
Sessões tutoriais – os formandos serão orientados no sentido de os auxiliar no desenvolvimento de competências no campo da pesquisa bibliográfica, elaboração de artigos científicos, apresentação de seminários teóricos e execução do seu projeto de investigação
Trabalho de dissertação – a cada formando será assignado um projeto de investigação clínica ou laboratorial, que deverá desenvolver ao longo do período letivo do curso e concluir um trabalho final a apresentar no último semestre do curso.

AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO
No final do curso será atribuída uma classificação final (escala de 0 a 20), obtida a partir dos seguintes elementos de avaliação:

Avaliação contínua, por parte da equipa de formadores, dos conhecimentos teóricos e práticas clínicas realizados pelos alunos (20%);
Assistência e apresentação de trabalhos em eventos científicos a determinar pela direção (10 %);
Avaliação quantitativa dos conhecimentos teóricos adquiridos pelo aluno, mediante provas de avaliação escrita ou exposição de seminários (30%);
Avaliação da planificação de casos clínicos realizada pelo aluno (10%);
Assiduidade e pontualidade – o aluno deverá cumprir 90% do número total de horas presenciais previstas. (10%);
Avaliação quantitativa e qualitativa do projeto de investigação desenvolvido pelo formando, mediante apresentação de trabalho final escrito (20%).

  • No final dos primeiros dois anos letivos será elaborado um relatório pela Comissão Científica e Executiva, onde serão reunidos os diferentes elementos de avaliação, bem como todos os trabalhos escritos, apresentações e casos clínicos documentados que deverão estar compilados em formato digital.
  • No final do 3º ano será apresentada a dissertação referente ao projeto de investigação desenvolvido.

PLANO DE ESTUDOS

UNIDADES CURRICULARES ECTS
  • Diagnóstico
  • Anatomia radiológica e aplicada
  • Pronóstico periodontal, reabilitador e endodôntico
  • O tecido ósseo
  • Os tecidos moles periimplantários
  • A cicatrização dos tecidos ósseos e moles
  • O espaço biológico
  • Conceito de “platform switching”
  • Tipos de implantes
  • Superfícies em Implantologia
  • Plano de tratamento
  • Fotografia em odontologia
  • Prática de enceramento de diagnóstico
  • Prática de fotografia
  • Prática de manuseio de imagens
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Anatomia e fisiologia do periodonto
  • Diagnóstico periodontal
  • Classificação das doenças periodontais
  • Patogenia da doença periodontal
  • Tratamento básico periodontal
  • Microbiologia periodontal
  • Práticas de raspagem e alisamento radicular
  • Diagnóstico microbiológico
  • Assepsia e antissepsia
  • Desenho de incisões
  • Tipos de sutura
  • Cuidados Pré e pós-operatórios
  • Gestão da farmacologia
  • Preparação de um campo estéril
  • Urgências no consultório dentário
  • Prática de colocação de implantes em modelos artificiais
  • Prática de colocação de implantes em modelos animais
  • Prática de tipos de sutura em modelos animais
  • Práticas de plano de tratamento
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • GUNA-PUNA
  • Periodontite crónica do adulto
  • Periodontite agressiva
  • Uso de antibióticos em periodontologia
  • Desenho digital do sorriso
  • Encerado diagnóstico / mock- up
  • Scanner intraoral
  • Scanner facial
  • Montagem em articulador
  • Toma de registros intermaxilares
    – Jig anterior
    – NTI
    – Tope anterior
    – Arco gótico
  • Arquivos / modelos STL
  • Enceramento virtual
  • Práticas de enceramento e mock-up
  • Práticas de scanner intraoral
  • Práticas de plano de tratamento
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Manutenção do paciente periodontal
  • Cirurgia de alongamento coronário
  • Práticas em modelos animais.
  • Protocolos de investigação
  • Variáveis. Conceitos e a sua gestão
  • Introdução à estatística em investigação
  • Informática aplicada à medicina dentária
  • Estrutura, organização e desenvolvimento de um protocolo de investigação
  • Como escrever um artigo científico
  • Desenvolvimento de um protocolo de investigação por cada aluno
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Cirurgia periodontal ressectiva
    – Cirurgia óssea
    – Cirurgia de acesso
    – Retalho de reposição apical
    – Cirurgia do setor anterior
  • Cirurgia periodontal regenerativa
  • Praticas de cirurgia periodontal
  • Trauma oclusal
  • Oclusão
  • Tratamento de lesões de furca
  • Preparação do periodonto para a fase restauradora
  • Cicatrização óssea
  • Cicatrização dos tecidos moles
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Seleção de pilares
  • Prótese aparafusada – prótese cimentada
  • A cor e o seu registo
  • Impressões em prótese sobre implantes
  • Tipos de prótese sobre implantes
  • Restaurações unitárias e as suas caraterísticas
  • Restaurações parciais e as suas caraterísticas
  • Reabilitações completas e as suas características
  • Conceito de prótese híbrida
  • Sobre dentaduras
  • Biomecânica em prótese sobre implantes
  • Materiais a usar em prótese sobre implantes
  • Desenho de estruturas
  • Sequência de tratamento em prótese sobre implantes
  • Relação clínica laboratório: a prescrição da prótese
  • Prática de manipulação de componentes
  • Pratica de toma de impressões
  • Prática de uso de scanner digital da oclusão
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Conceito de ROG
  • Defeitos ósseos e a sua classificação
  • Princípios que regem a ROG
  • Enxertos ósseos
  • Materiais de enxerto
  • Membranas barreira
  • Aumento de cresta horizontal
  • Aumento de cresta vertical
  • Aumentos de cresta combinados
  • Predictabilidade da ROG
  • A preservação de cresta em alvéolos postextração
  • Práticas de ROG em modelos animais
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Classificação dos defeitos de cresta
  • Cirurgia plástica periodontal I
  • Enxerto epitelial livre
  • Enxerto livre de tecido conjuntivo
  • Retalhos de deslocamento
  • Cirurgia reconstrutiva I
  • Enxertos ósseos
  • Tratamento do setor anterior com implantes
  • Princípios da cirurgia plástica periodontal aplicada à implantologia e à reabilitação oral
  • Substitutos de tecido mole
  • Práticas de cirurgia reconstrutiva
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Protocolos de carga dos implantes
  • Conceito de carga imediata
  • Conceito de estabilidade em implantologia
  • A análise da frequência de ressonância (AFR)
  • Predictabilidade dos protocolos de carga imediata em prótese sobre implantes
  • Princípios clínicos que regem a aplicação dos protocolos de carga imediata em prótese sobre implantes
  • Práticas de manipulação dos sistemas de AFR
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Técnicas de provisionalização
  • Materiais para a elaboração de provisórios e a sua manipulação
  • Pônticos ovoides
  • Técnica de Gallucci
  • Práticas de construção de provisórios
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Cirurgia plástica periodontal II
  • Enxerto epitelial livre
  • Enxerto livre de tecido conjuntivo
  • Retalhos de deslocamento
  • Cirurgia reconstrutiva I
  • Enxertos ósseos
UNIDADES CURRICULARES ECTS
  • Tempos de colocação dos implantes e abordagem cirúrgica
  • Tipos de alvéolos
  • Bimodal approach
  • Trimodal approach
  • Princípios clínicos que regem a realização de implantes imediatos
  • Implantes imediatos e carga imediata
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • A manutenção em pacientes portadores de reabilitações sobre implantes
  • Fracasso por sobrecarga
  • Fracasso prematuro
  • Patologia periapical periimplantária
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Implantes na tuberosidade maxilar
  • Implantes curtos
  • Implantes na apófise pterigoide
  • Implantes zigomáticos
  • All on four
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Elevação do seio aberta
  • Elevação do seio fechada
  • Materiais de preenchimento
  • Técnicas de elevação do seio
  • Predictabilidade das técnicas de elevação do seio
  • Praticas de técnicas de elevação do seio em modelos animais
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Conceito de prótese adesiva
  • Materiais para a construção das próteses adesivas
  • Tipos de próteses sobre implantes
  • Sequência de tratamento de próteses em tratamentos complexos e multidisciplinares
  • Praticas de próteses adesivas:
    – Talhado
    – Cimentação
    – Provisionalização
  • Sessões Clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Orto-perio
  • Endo-perio
  • Microimplantes e aumento da ancoragem em ortodontia
  • Problemas estéticos e Periodontologia
  • Exposição de dentes inclusos
  • Implantes em pacientes periodontais
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Enxertos ósseos em bloco
  • Praticas de cirurgia reconstrutiva II
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Tecnologia CAD-CAM
  • Fluxo digital nos tratamentos odontológicos
  • Princípios que regem a cirurgia guiada
  • Desenvolvimento da cirurgia guiada
  • Praticas de planificação em cirurgia guiada
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Exodontia de dentes inclusos
  • Cirurgia maxilofacial:
    – Enxertos ósseos complexos
    – Cirurgia ortognática
    – Patologia cirúrgica dos maxilares
    – Patologia tumoral da cavidade oral
  • Sessões clínicas – Planos de tratamento de pacientes a tratar
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
  • Apresentação dos casos tratados pelos alunos
  • Apresentações dos trabalhos realizados
  • Prática clínica – Atendimento a pacientes
UNIDADES CURRICULARES ECTS
  • Prática clínica em pacientes
  • Prática clínica em pacientes
  • Prática clínica em pacientes
  • Prática clínica em pacientes
  • Prática clínica em pacientes
  • Prática clínica em pacientes
  • Elaboração de um projeto de investigação clínico ou laboratorial
  • Elaboração de dissertação

CORPO DOCENTE

Ana Rita Nóbrega (Dra.) · Artur Falcão (Dra.) · Carmen Díaz (Dra.) · Cláudia Barbosa (Profª. Doutora) · Conceição Manso (Profª. Doutora)  · Eduardo Flor (Dr.) · Frederico Herrero (Dr.) · Fernando Magro (Dr.) · Hélder Oliveira (Dr.) · Jorge Marvão (Dr.) · Miguel Guimarães (Dr.) · Patrícia Manarte (Profª. Doutora) · Paula Lopez (Dra) · Paulo Ribeiro (Dr.) · Raquel Oliveira (Dra.) · Sandra Gavinha (Profª. Doutora)

COORDENAÇÃO

Prof. Doutor Carlos Falcão 

Envie o formulário para ser contactado pela coordenação do curso



CandidatoProfissionalOutro


PortugalPaís UEOutro País














CONDIÇÕES DE CANDIDATURA

NÚMERO DE VAGAS
14 vagas

CRITÉRIOS DE ADMISSÃO

  •  Será realizada uma pré-seleção mediante o currículo individual
  • A seleção final dos candidatos será realizada aplicando os seguintes critérios e correspondente coeficiente de ponderação:
    a) Média final da Licenciatura/Mestrado (30%)
    b) Entrevista individual (35%)
    d) Apreciação curricular, dando especial relevância aos seguintes  parâmetros (35%):
     – Publicações em forma de artigos (revistas nacionais e estrangeiras)

    – Apresentações científicas em forma de poster, comunicação ou conferências
    – Experiência clínica
    – Trabalhos de investigação 
    – Formação pós-graduada
    – Outros elementos relevantes

DOCUMENTOS DE CANDIDATURA

  • Fotocópia simples de um documento de identificação (1)
  • Fotocópia do Cartão de Contribuinte (2)
  • Certificado de Licenciatura/Mestrado Integrado em Medicina Dentária (3)
  • Comprovativo de membro da Ordem dos Médicos Dentistas (Cédula Profissional) ou inscrição profissional em outro país membro da UE
  • Comprovativo de seguro de responsabilidade civil
  • Curriculum Vitae, onde venha dIscriminado: dados biográficos, local e nota final de licenciatura/mestrado integrado, formações pós-graduadas, publicações, conferências, comunicações livres, posters, cursos e reuniões científicas frequentados

(1) Cidadãos de países não pertencentes à União Europeia terão de apresentar um título de residência válido de acordo com as normas do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (ligação)
(2) Dispensável se o documento de identificação for o Cartão de Cidadão
(3) Certidões de habilitações estabelecimentos de ensino superior estrangeiros: cópias ou originais têm que estar autenticadas pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pela autoridade diplomática ou consular portuguesa ou trazer a apostilha da Convenção de Haia (Ligação). A certidão de disciplinas deve incluir ou ser acompanhada pela Escala de Notas.

DATAS E CUSTOS

CANDIDATURAS: até 4 SET. 18
SELEÇÃO E ENTREVISTAS: 6 A 11 SET. 18
MATRÍCULAS: 12 A 16 SET. 18

TAXAS*
Candidatura (paga no ato de candidatura): 100€
Matrícula anual: 250€
Propina anual**: 16.000€

* Não dispensa a consulta das Normas Gerais Relativas ao Pagamento das Taxas Escolares na UFP (PDF)
** Prazos de pagamento da propina anual: 50% até dia 30 do mês prévio correspondente ao início do ano seguinte; 50% até ao dia 31 de julho de cada ano letivo