Apresentação

A Editora UFP, desde a sua génese, em 1992, e consequente publicação do primeiro título até à atualidade, tem vindo, pelo seu dinamismo e eficiência, desenvolvendo competências que lhe permitem conceder apoio gráfico-editorial de trabalhos pedagógicos permitindo a difusão da produção científica da Universidade Fernando Pessoa, passando a ser um veiculo de comunicação com a própria instituição, assim como com a sociedade.

Por isso, a Editora UFP, publica livros de autores com filiações distintas e de diferentes áreas de atuação, divulgando não só o conhecimento produzido na Universidade, mas, também, trazendo para dentro dela debates que se colocam na sociedade, que podem ir desde a poesia à ficção e ao ensaio de natureza cívico-cultural.

Pelo facto de vivermos numa época digital, a Editora teve que evoluir e acompanhar as tendências, e como tal a criação de uma secção de e-books com títulos disponíveis para download gratuito, na biblioteca digital UFP.

A Editora é um projeto credível, assente em exigentes critérios editoriais e de gestão rigorosa, pelo que foi criado um Conselho Editorial, constituído por um docente da cada uma das Faculdades e Escola, que terá como função principal avaliar se os artigos/revistas/livros cumprem o rigor para a publicação dos mesmos. A Editora não se limita apenas à publicação, mas sim à divulgação e distribuição direta, nomeadamente a compra através deste site, dos títulos disponíveis.

Diretora
Doutora Nadine Trigo

Coordenação Editorial
Dra Paula Dias

Conselho Editorial
Professor Doutor Rui Estrada (Presidente)
Um docente de cada uma das Faculdades | Escola

Edifício Pedagógico
Tel.: + 351 225071300 | Ext: 2603
edicoes@ufp.edu.pt

Estrutura Orgânica

1 – DIREÇÃO

Tem como funções:

  • Orientar e planear a publicação de obras de interesse científico-pedagógico e cultural da UFP
  • Estabelecer contactos com os centros de investigação e outros órgãos de gestão no sentido de promover a publicação académica.
  • Definir o melhor plano editorial e seu respetivo regulamento.
  • Desenvolver o intercâmbio de experiências na sua especialidade com outras Instituições, nacionais ou estrangeiras, que mantenham publicações análogas
  • Reunir, quando necessário o Conselho Editorial e presidir às suas reuniões;
  • Elaborar o plano anual de atividades com respetivo orçamento anual;
  • Preparar o respetivo relatório de atividades

2 – COORDENAÇÃO EDITORIAL

Na dependência da Direção da Editora, tem como funções:

  • Assessorar a Direção da Editora e os seus órgãos;
  • Coordenar e verificar os processos de candidatura e avaliar se estão cumpridas as condições da sua apresentação de acordo com o regulamento para a edição.
  • Dar cumprimento ao plano editorial aprovado.
  • Solicitar o ISBN e o respetivo envio de informação para a APEL quando o título estiver publicado.
  • Solicitar a sua impressão, caso seja necessário, mediante várias propostas de orçamento.
  • Coordenar a comunicação e o marketing de forma a garantir a distribuição, bem como a sua promoção e venda das publicações.
  • Promover, junto dos docentes, a publicação de coedições e conseguir apoios financeiros, através de entidades externas à UFP, como forma de apoio à investigação.
  • Coordenação de vendas e relatórios de contas.

3 – O CONSELHO EDITORIAL

É o órgão consultivo presidido por um membro nomeado pela direção e constituído por docentes de várias áreas científicas, pertencentes a cada Faculdade. O conselho editorial é assessorado pela coordenação editorial.

Tem como funções:

  • Avaliar as propostas de publicação e emitir pareceres sobre a sua originalidade ou interesse pedagógico, científico e cultural.
  • Viabilizar meios e critérios que visem garantir o caráter académico e o valor científico do material apresentado para as diferentes publicações
  • Sugerir melhorias de alterações em forma de breve comentário, se forem consideradas necessárias, em função dos parâmetros definidos no regulamento da Editora.
  • Apostar no desenvolvimento de um projeto editorial e de um design gráfico diferenciados, devendo seguir a tendência atual das editoras universitárias.
  • O Conselho Editorial reúne-se, regra geral, de três em três meses, e extraordinariamente, quando convocado por decisão da Direçao.

Regulamento

I – OBJETIVO

As Publicações UFP têm como objetivo delinear e promover a política editorial da Universidade, publicando em várias áreas do conhecimento produções científicas, técnicas, literárias e artísticas com carácter relevante para a instituição.

II – CARACTERIZAÇÃO DAS PUBLICAÇÕES UFP

1- As Publicações UFP dependem diretamente da Reitoria e de acordo com as orientações definidas pelos órgãos comuns/consultivos.

2- A Reitoria deverá dotar as Publicações UFP de recursos humanos, técnicos e financeiros que considera apropriado à prossecução do seu objeto.

III – ATIVIDADES

  1. a) Editar ou coeditar trabalhos de interesse científico-pedagógico, literário, artístico e cultural da UFP.
    b) Promover, divulgar, distribuir e comercializar as suas publicações.
    c) Apoiar as atividades de pesquisa, ensino, inovação e gestão universitária produzidas na UFP.
    d) Publicar obras em vários formatos, que podem ser: impresso, digital e eletrónico, livros e revistas científicas, entre outras aprovadas pelo Conselho Editorial.
    e) Coordenar as respetivas candidaturas e o processo de edição.
    f) Estabelecer protocolos com outras Instituições, nacionais ou estrangeiras, que mantenham publicações análogas, podendo desta forma serem financiadas na totalidade ou parcialmente.

IV – ÓRGÃOS

1 – A Direção
2 – O Conselho Editorial

V – DIREÇÃO

A Direção é nomeada pela Reitoria, que será representado por um Diretor(a).

1 – O Diretor (a) deverá:
a) Nomear a coordenação editorial.
b) Definir o plano editorial que se adequa à UFP
c) Convocar as reuniões do Conselho Editorial e presidir às respetivas reuniões;
d) Ser o interlocutor do Reitoria no que respeita à política editorial da UFP.

1.1 – A coordenação editorial, na dependência do Diretor(a) deverá dar cumprimento ao plano editorial aprovado, pondo em prática todo o funcionamento das Edições através das seguintes tarefas:

  1. a) Garantir a execução do plano de edições e das atividades e iniciativas a ele adjacentes.
    b) Apresentar um plano de atividade anual associado a respetivos relatórios de atividades e de contas.
    c) Promover, divulgar, distribuir e comercializar as suas publicações.
    d) Assessorar a Direção da Editora e os seus órgãos.

VI – CONSELHO EDITORIAL

1-São membros do Conselho Editorial:

  1. a) O Presidente, nomeado pelo(a) Diretor(a)
    b) Docentes de várias áreas científicas, pertencentes a cada Faculdade e nomeados pela Reitoria.

2-Compete ao Conselho Editorial.

  1. a) Avaliar as propostas de publicação e emitir pareceres sobre a sua originalidade ou interesse pedagógico, científico e cultural.
    b) Viabilizar meios e critérios que visem garantir o caráter académico e o valor científico do material apresentado para as diferentes publicações.
    c) Sugerir melhorias de alterações em forma de breve comentário, se forem consideradas necessárias, em função dos parâmetros definidos no regulamento da Editora.
    d) O Conselho Editorial reúne-se, regra geral, de três em três meses, e extraordinariamente, quando convocado por decisão da Direção.

VII – PROPOSTAS DE PUBLICAÇÃO

1- As propostas de publicação devem ser apresentadas num documento próprio, que estará disponível na página web das Publicações UFP.

2- Terão prioridade as publicações que tenham garantias de apoio à edição de forma total ou parcial.

3- Para todas as publicações editadas tem que existir um contrato, onde estão definidas as condições e o regime dos direitos de propriedade intelectual.

4 – Os autores, docentes da UFP, por norma cedem à UFP (detentora da Editora) os direitos da publicação.

5- Todas as publicações onde se verifique existência de coautores de terceiros à UFP, os autores devem apresentar, antecipadamente, as autorizações de publicação, ficando a cargo deles, se for necessário, os direitos de propriedade intelectual de acordo com a legislação vigente.

VIII – AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS

As propostas de edição são avaliadas pela direção de acordo com os critérios definidos na política editorial da UFP.

IX – DIREITOS DE AUTOR E PROPRIEDADE INTELECTUAL

1- O objeto referente a direitos de propriedade intelectual é estabelecido de acordo com a legislação vigente  e definido nos contratos celebrados entre a UFP e os autores.

X – ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO

O presente Regulamento pode ser modificado sempre que o Reitor assim o entender ou se existir uma proposta de alteração pela Direção e Conselho Editorial.

XI – CASOS OMISSOS

Casos Omissos serão resolvidos pela Direção e Conselho Editorial

UFP a 25 de janeiro de 2019

Política Editorial

Em construção…

Títulos Disponíveis

Em construção…