O profissionalismo, a disponibilidade e  proximidade dos colaboradores são a marca dos serviços que prestamos. Também os nossos professores, além de academicamente qualificados, são conhecidos por serem muito próximos dos estudantes e disponíveis para esclarecer as suas dúvidas.

Distinguimo-nos pelos serviços que prestamos, mas sobretudo pela forma como os prestamos. A humanização dos serviços é a nossa principal característica e é através dela que fazemos a diferença!

O departamento de Sistemas de Informação e Comunicações da Fundação Fernando Pessoa tem como missão gerir eficazmente os sistemas de informação e as infra-estruturas de comunicação, promovendo a boa utilização dos recursos informáticos e a constante inovação das tecnologias disponibilizadas, assentes em serviços de suporte eficientes.

Os Sistemas de Informação e Comunicações prestam o serviço de suporte/helpdesk à comunidade académica:

Alunos e Docentes: configuração do acesso à rede wireless fornecido pela Universidade Fernando Pessoa.
Unidades: consultoria de software, hardware, serviços e sistemas. Instalação de PCs, ligação à rede e configuração do acesso aos serviços de informação e comunicação fornecidos pela UFP.

Contactos:
Praça 9 de Abril, 349 · 4249-004 Porto
Edifício Sede – 3º Piso
Tlf.: +351 225 071 300
E-mail: helpdesk.sic@ufp.edu.pt

Horário de atendimento:
Seg. a Sex.: 11:30 – 12:30 | 16:30 – 17:30

O Gabinete de Ação Social Escolar (GASE) tem como principal objetivo permitir que todos os estudantes, independentemente das suas condições económicas, possam frequentar os nossos cursos.

BOLSAS E SERVIÇOS DO GASE

“Ao encontro das necessidades do mercado de trabalho”

Todos os cursos de 1º ciclo (Licenciatura) e Mestrado Integrado da UFP integram períodos de Estágio, seja sob a forma de estágio curricular ou de prática clínica, ensino clínico ou outra.

Dedica-se também ao desenvolvimento de laços com instituições e empresas, estabelecendo a ponte entre a academia e o mercado profissional. Neste âmbito, apoia os alunos na inserção na vida ativa, através da disponibilização de informação sobre o mercado de trabalho, elaboração de curricula e prática de entrevistas.

As entidades interessadas em receber estagiários da Universidade Fernando Pessoa, deverão fazer os seus pedidos, por e-mail. A formalização dos estágios será feita pelo GESP, através de e-mail, com indicação do nome dos alunos e curso.

O Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) da UFP é um órgão que tem ao seu cargo a organização e a gestão de estágios dos cursos integrados nas Faculdades de Ciência e Tecnologia e Ciências Humanas e Sociais.

Contactos:
Praça 9 de Abril, 349 · 4249-004 Porto
Edifício Sede – 3º Piso
Tlf.: +351 225 071 300
E-mail: estagios@ufp.edu.pt 

Horário de atendimento:
Seg. a Sex.: 10:30 – 12:30 | 17:00 – 19:00

  • Academia Morangos Maia
  • Adice – Associação para o Desenvolvimento Integrado na Cidade de Ermesinde
  • A Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a Sida”
  • Agrupamento de Escolas de António Feijó
  • Agrupamento de Escolas de Águas Santas
  • Agrupamento de Escolas Augusto Gil
  • Agrupamento de Escolas de Cinfães
  • Agrupamento de Escolas de Paços de Ferreira
  • Agrupamento de Escolas de Vouzela
  • Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo
  • Agrupamento de Escolas Rodrigues de Freitas
  • Aladi – Associação Lavrense de Apoio ao Diminuído Intectual
  • Amiito-Building e Technologies
  • APPACDM de Mirandela
  • ARH – Administração da Região Hidrográfica do Norte I.P.
  • ARS – Norte
  • ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica em Portugal
  • Associação Católica Internacional ao Serviço da Juventude Feminina
  • Associação de Solidariedade Social da Madalena
  • Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária
  • Avenir Publicidade, Lda.
  • A. Ramalhão – Consultoria, Gestão e Serviços, Lda
  • Barclays Bank PLC
  • Berço
  • Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima
  • Bomporto Cooperativa de Solidariedade Social, CRL
  • Câmara Municipal da Póvoa de Varzim
  • Câmara Municipal de Castelo de Paiva
  • Câmara Municipal de Ovar
  • Câmara Municipal do Porto
  • Cáritas – Diocesana do Porto
  • Cati – Centro de Apoio à Terceira Idade de São Mamede Infesta
  • Centro Hospitalar Conde Ferreira
  • Centro Hospitalar do Alto Minho
  • Centro Hospitalar do Médio Ave
  • Centro Social de Calendário
  • CRIAP – Centro de Reabilitação, Intervenção e Apoio Psicológico
  • Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Fafe
  • Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de São João da Madeira
  • Centro Hospitalar do Porto
  • Centro Hospitalar S. João
  • Centro Paroquial e Social de Fornelos
  • Cerciespinho
  • Cin – Corporação Industrial do Norte, S.A
  • Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género
  • CPCJ de Valongo
  • CPCJ de Vila Real
  • Cresotek
  • Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Espinho
  • Diap – Departamento de Investigação e Acção Penal Porto
  • Direcção Geral de Reinserção Social
  • Duvalli, S.A.
  • El Corte Inglês – V.N.Gaia
  • Elos – Núcleo de Terapia , Educação , Formação e Investigação, Lda
  • Encantado – Centro Psicológico e Terapêutico, Lda.
  • Escola Sec. Emídio Navarro
  • ESCOLA S/3 ARQUITETO OLIVEIRA FERREIRA
  • ESEGUR
  • ESEP – Escola Superior de Enfermagem do Porto
  • Espaço T
  • FAMM – Engª SA
  • Felconta –Pinto Lopes & Moura, Lda
  • Foto Sport Digital Imaging, Lda.
  • Freguesia da Cidade da Maia
  • FS Consultores – Business Consulting & Accounting
  • Fundwell
  • Futebol Clube do Porto
  • Gabilima
  • Gabinete Janela Aberta – Ass. Para o Desenvolv.Figueira
  • GNR – Guarda Nacional Republicana
  • Global Notícias
  • GOP – Gestão de Obras Públicas
  • Governo Civil do Distrito do Porto
  • Habigas
  • Hospital do Terço
  • Hospital Magalhães Lemos
  • Inforlíder
  • Insia – Sistemas de Informação, Lda.
  • Instituto da Segurança Social
  • Instituto Quintino Aires
  • Janela Aberta
  • Junta de Freguesia de Ramalde
  • Lar de Santo António – Casa do Leme
  • Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte – Unidade de Psico-Oncologia
  • Lipor
  • LogicBit – Tecnologia de Informação
  • LOVIMEC – Construção Civil e Obras Públicas
  • Lúcio da Silva Azevedo & Filhos, S.A.
  • Lugar dos Afectos
  • Meireles & Lopes, Lda.
  • NexTV
  • OBEGEF – Observatório de Economia e Gestão de Fraude
  • Orientadora -Cont. e Serviços
  • Paracélsia
  • PIEC – Programa para a Inclusão e Cidadania
  • Plano Lunar – Marketing e Publicidade, Lda.
  • PRI – INFORMÁTICA
  • PROPLIS, Lda.
  • PSP – Comando Metropolitano do Porto
  • PSP – Polícia de Segurança Pública
  • Quintinha da Conceição Sousa e Silva, Lda
  • R12 – Centro de Recuperação de Doenças de Adicção, Lda.
  • SANMARTIN
  • Santa Casa da Misericórdia de Barcelos
  • Santa Casa da Misericórdia de Fafe
  • Searchview Unipessoal, Lda.
  • SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras
  • SPT – Empresa de Trabalho Temporário
  • Suldouro, SA
  • Tecnovia – Sociedade de Empreitadas, S.A.
  • T.V.I – Televisão Independente, S.A.
  • UCHIYAMA Portugal – Vedantes, Lda
  • Umar – União de Mulheres Alternativas e Resposta
  • União de freguesias de São Mamede de Infesta e Senhora da Hora
  • WEBTOUR Unipessoal, Lda

O provedor do estudante tem por função, ainda que sem poder decisório, zelar pelo cumprimento das disposições regulamentares em vigor na universidade e diligenciar para que os implicados no processo de ensino/ aprendizagem cumpram com os seus deveres e usufruam dos seus direitos, de forma justa e ajustada ao sistemático desenvolvimento do rigor, qualidade e inovação do projecto educativo da UFP.

Conforme estipulado pelo artigo 21º dos Estatutos da UFP, ao provedor do estudante compete:

  • Analisar todas as áreas de conflito do seu âmbito de actuação;
  • Procurar, em colaboração com os directores das faculdades, responsáveis de unidades e subunidades orgânicas e demais órgãos e serviços competentes, os meios mais adequados para a tutela dos interesses legítimos dos discentes;
  • Promover a coerência das deliberações dos órgãos da universidade sobre os alunos para situações análogas; • Assinalar eventuais ambiguidades que verificar em normas e regulamentos, emitindo sugestões para a sua interpretação, alteração ou revogação;
  • Propor ações para o aperfeiçoamento dos procedimentos administrativos;
  • Assessorar os directores das faculdades no exercício do poder disciplinar sobre os alunos.

Contacto: 
Praça 9 de Abril, 349 · 4249-004 Porto – Gabinete 34
E-mail: provedoriadoestudante@ufp.edu.pt

Horário de atendimento:
Ter.: 11:00 – 12:00

A UFP possui vários bares, cantinas e salas onde os alunos podem fazer as suas refeições.


Pessoa Bar
UFP – Sede
Praça 9 de Abril, 349 · 4249-004 Porto
Horário Período Letivo: Seg. a Sex. 08:00 – 21:00; Sáb. 08:00 – 13:00

Poetry Bar
Edifício das Clínicas Pedagógicas
Rua Delfim Maia, 334 · 4200-253 Porto
Horário Período Letivo: Seg. a Sex. 07:30 – 22:00

Cantina da Faculdade de Ciências da Saúde
Edifício da Faculdade de Ciências da Saúde
Rua Carlos da Maia, 296 · 4200-150 Porto
Horário Período Letivo: Seg. a Sex. 07:00 – 20:00

De forma a dar resposta a todos aqueles que optem por trazer as suas refeições de casa, a Universidade Fernando Pessoa coloca à disposição dos alunos as seguintes Salas de Refeições:

  • Escola de Estudos Pós-Graduados e de Investigação
    Praça 9 de Abril, 349 · 4249-004 Porto
    Equipamento: mesas, cadeiras, microondas
    Capacidade: 15 pessoas sentadas
    Horário: Seg. a Sex. 11:00 – 15:00
  • Edifício das Clínicas Pedagógicas
    Rua Delfim Maia, 334 · 4200-253 Porto
    Equipamento: mesas, cadeiras, microondas
    Capacidade: 10 pessoas sentadas
    Horário: Seg. a Sex. 11:00 – 15:00 | 18:00 – 20:00
  • Faculdade de Ciências da Saúde
    Rua Delfim Maia, 334 · 4200-253 Porto
    Equipamento: mesas, cadeiras, microondas
    Capacidade: 10 pessoas sentadas
    Horário: 11:00 – 15:00 | 18:00 – 20:00

A parceira preferencial da Universidade Fernando Pessoa para alojamento é a Uniplaces (plataforma online, dedicada ao alojamento de estudantes universitários).

Os alunos da UFP têm um desconto de 10% no serviço da Uniplaces, bastando colocar o promocode UFP10 no momento da reserva do alojamento no site (ligação).

A Secretaria Virtual é um serviço online que pretende facilitar e agilizar o acesso dos alunos aos procedimentos administrativos.

A Secretaria Virtual disponibiliza aos alunos da UFP formulários e outros documentos de utilização interna e permite também o acesso a informação sobre histórico curricular, inscrições, requisição de declarações e outros serviços online.

SECRETARIA VIRTUAL

A Secretaria Geral presta serviço presencial de apoio administrativo aos alunos da UFP. Regista e executa todos os atos administrativos relativos à matrícula, à inscrição e à frequência pedagógica dos alunos.

SECRETARIA GERAL (PORTO)
Praça 9 de Abril, 349 | 4249-004 Porto
Telf. +351 22 507 13 00
E-mail:
secretaria@ufp.edu.pt
Horário de atendimento:
Seg. a Sex.: 10:00-17:00
Gestão de atendimento presencial: senha C

Consulta da fila de espera: http://senha.ufp.pt

SECRETARIA (UNIDADE DE PONTE DE LIMA)
Casa da Garrida · Rua Conde de Bertiandos | 4990-078 Ponte de Lima
Tlf.: +351 258 741 026
e-mail: geral.plima@ufp.edu.pt
Horário de atendimento:
Seg. a Sex.: 09:00 – 12:30 | 14:00 – 18:00

Informação e documentos:

  • Cronograma letivo (ligação)
  • Cronograma administrativo: 2017-18 (PDF), 2018-19 (PDF)
  • Boletim 1ª matrícula (PDF)
  • Boletim de matrícula – renovação (PDF)
  • Declaração de presença (PDF)
  • Pedido de declaração, certidão ou diploma (PDF)
  • Pedido de carta de curso ou carta doutoral (PDF)
  • Pedido de reingresso (PDF)
  • Requerimento geral (PDF)
  • Solicitação de creditação (PDF)
  • Parecer de trabalho final (PDF)
  • Proposta de trabalho final (PDF)

Outros documentos podem ser consultados na área de Regulamentos e Documentos (ligação).

Formulários e documentos de utilização interna pela comunidade pessoana encontram-se disponíveis na Secretaria Virtual.

O serviço de Agendamento de Atendimento está disponível para alunos com estatuto de trabalhador-estudante, que o podem solicitar para uma data/hora que se enquadre no horário de funcionamento da Secretaria Geral.

Procedimentos:
– Efetuar a marcação pelo email: agendamento.sg@ufp.edu.pt;
– Solicitar o agendamento com antecedência mínima de 48 horas (dias úteis);
– Indicar, obrigatoriamente, no pedido:

  • Nome completo;
  • Número de aluno;
  • Data pretendida;
  • Hora pretendida;
  • Assunto que pretende tratar.

Observações:
A confirmação da marcação será feita pela Secretaria Geral, para o e-mail usado pelo aluno aquando da solicitação.

Em caso de desistência da marcação, agradece-se a indicação para o e-mail agendamento.sg@ufp.edu.pt, para que a prestação de serviço seja o mais eficaz possível.

1. SAKAI – Plataforma de e-learning
Sakai é um ambiente digital de ensino/aprendizagem e de colaboração académica que atende às necessidades dos professores e dos alunos em diversos modelos pedagógicos.

2. COLIBRI – Sala Virtual
Colibri é uma sala virtual que permite a realização de sessões síncronas e interativas tais como aulas, seminários, reuniões, orientações, trabalhos de grupo, estabelecendo-se assim um contacto direto entre professores e alunos.

Com este serviço de videoconferência através da Internet, os participantes podem aceder a sessões síncronas, ficando igualmente disponível o visionamento posterior das mesmas, na plataforma de e-learning (Sakai)

3. EDUCAST – Aulas gravadas
Os alunos têm acesso a aulas gravadas pelos docentes expressamente para o apoio pedagógico à distância, com a duração média de 15 minutos. Essas gravações consistem num duplo ecrã com o vídeo do orador e apresentações (ppt, prezzi, etc) em simultâneo e são disponibilizadas no sistema de e-learning (Sakai).

Artigo 6º
(Regime geral de frequência)
1. O regime geral de frequência dos cursos da UFP é, por norma, presencial e em tempo integral, mas, em circunstâncias justificadas, poderá ser aceite a frequência em tempo parcial.

1.1. Em certos ciclos de estudos e em certas unidades curriculares, a frequência pedagógica poderá ser também à distância (e-learning) ou em regime misto/semi-presencial (blended learning);

1.2. As circunstâncias, para ser aceite a frequência em tempo parcial, são, com as necessárias adaptações, as que estão previstas no regulamento próprio de frequência das unidades curriculares na modalidade de ensino à distância.

Artigo 7º
(Regime de tempo parcial)
1. Em cursos, em que tal seja legalmente possível, é autorizada a frequência em regime de tempo parcial.

2. O regime de tempo parcial implica:
a) a matrícula anual;
b) a inscrição em cada semestre em no mínimo de duas e no máximo de metade das unidades curriculares respectivas.

3. O valor a liquidar por cada ECTS, no regime de inscrição a tempo parcial, é fixado anualmente pela entidade instituidora da universidade

Artigo 8º
(Regime de ensino nas modalidades intensiva, mista e/ou à distância)
1. A frequência duma unidade curricular em regime misto conjuga o ensino parcialmente presencial com o ensino à distância (blended learning).

2. Este regime é particularmente aconselhável aos chamados “novos públicos”, nomeadamente, aqueles que entraram para a universidade já adultos e que pretendem articular a sua actividade profissional com os estudos.

3. O regime misto pode também beneficiar do sistema da inscrição previsto no n.º 2 e no n.º 3 do artigo anterior.

4. A percentagem do ensino presencial varia de acordo com a natureza e a tipologia de cada unidade curricular, situando-se, por norma, entre 15% e 30% do respectivo tempo de contacto, podendo ser cumprida na modalidade de leccionação intensiva ou concentrada.

5. A modalidade de ensino totalmente à distância só é aplicável a unidades curriculares disponibilizadas como tal pela universidade virtual (UFP-UV).

6. O sistema de inscrição nesta modalidade de ensino é feito por unidade curricular e respectivos ECTS.

7. A frequência de unidades curriculares na modalidade de ensino à distância rege-se por normas próprias.

Artigo 11º
(Tipologia de horas de contacto)
1. Nos termos legais, define-se por “horas de contacto” o tempo utilizado não só em sessões de ensino de natureza colectiva, designadamente em sala de aula e em laboratórios, em trabalhos de campo, em visitas de estudos, mas também, em estágios, em projectos, em avaliações, em orientações tutoriais e em contactos dos docentes com os alunos, através das plataformas síncrona e assíncrona de ensino à distância.

  1. Cada unidade lectiva (aula) tem a duração mínima de 45 (quarenta e cinco) minutos. As unidades lectivas duplas de 90 (noventa) minutos são realizadas sem intervalo.

2.1. A duração de uma aula síncrona da UFP-UV tem a duração mínima de 15 (quinze) minutos.

  1. As aulas poderão ser de natureza: teórica (T); teórico-prática (TP); prática (P); prática não-laboratorial (PN) prática-laboratorial (PL); clínica (C); trabalhos de campo (TC); orientação tutorial (OT); outra (O); seminários (S); estágios (E) e de ensino à distância (ED).

3.10. O ensino à distância (ED) é realizado ou em sessões interactivas na plataforma síncrona ou em sessões de “chats” e de avaliações de trabalhos ou em sala de aula virtual.


Normativa académica do funcionamento das licenciaturas e mestrados integrados – Regulamento n.º 592/2015, DR 2ª. série n.º 167, de 27 de agosto
 (
PDF)

Contactos:
Praça 9 de Abril, 349 | 4249-004 Porto
Edif. Sede – Piso 0 – Gab. UFP-UV
Telf. +351 22 507 13 00 Ext. 2106
E-mail: ufpuv-suporte@ufp.edu.pt

Horário de atendimento:
Seg. a Sex.: 10:00-13:00 | 14:30-19:30

E-LEARNING