Sobre o Curso

Resultado do processo de acreditação pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES):
Decisão: Acreditado
N.º de anos de acreditação: 1
Data de publicação da decisão: 18/11/2021
Prazo de vigência da acreditação: 31/07/2023*
Deliberação da A3ES: NCE/20/2001041
Relatório de autoavaliação: RAA-NCE/20/2001041

*Por referência à data de comunicação da decisão da A3ES à UFP.


Número máximo de admissões: 45
Regime: Maioritariamente online; sendo necessário assistir presencialmente a cinco por cento das sessões (incluindo a apresentação e defesa da Dissertação ou do Trabalho de projeto).



APRESENTAÇÃO
O curso de Mestrado em Criminologia procura que o estudante seja capaz de, num contexto multidisciplinar, procurar soluções concretas para as diferentes facetas do crime e da criminalidade, quer do ponto de vista da prevenção, quer da perspetiva da intervenção e reabilitação, quer, ainda, sob a lupa da investigação científica, cuja articulação complementar com investigação criminal garantida pelas forças de segurança se torna uma mais-valia deste domínio científico. A ponte entre o racional teórico e a prática é algo que se procura alcançar junto dos estudantes do Mestrado em Criminologia. A estes desafios, adicionam-se as preocupações com a capacitação dos nossos alunos quanto às implicações éticas e deontológicas, a que se junta a atenção à componente social, que, neste domínio do crime, do comportamento criminoso e da vítima, são de extrema relevância.

OBJETIVOS
Espera-se que os conhecimentos adquiridos permitam ao estudante desenvolver-se nos diferentes campos da Criminologia. Mais concretamente, pretende-se que o aluno seja capaz de desenvolver competências para:

  • Aprofundar mecanismos de atualização permanente de resposta a novas formas de criminalidade;
  • Planear/Implementar programas de avaliação criminológica a nível local/comunitário, nacional;
  • Apreender a realidade criminal integrando os conhecimentos teóricos na redação/emissão de relatórios criminológicos;
  • Desenvolver/Participar ativamente em programas de prevenção criminal (primária, secundária ou terciária) em articulação com organizações judiciárias;
  • Desenvolver/Participar em projetos que integrem equipas inter/multidisciplinares;
  • Dar respostas concretas e apontar possíveis soluções, em termos de políticas criminais futuras;
  • Planear/Realizar investigação científica no âmbito da Criminologia, contribuindo para o avanço deste domínio;
  • Tomar decisões ética, reflexiva e autonomamente, no seu domínio de atuação profissional.

ÁREAS DE PESQUISA
Entre as linhas de investigação encontram-se temas relacionados com a Criminologia, a Vitimologia e questões do Policiamento e da (In)Segurança.

ORGANIZAÇÃO DOS ESTUDOS
O ensino será ministrado mediante metodologias ativas, combinando momentos de exposição de conteúdos com outros, de debate e participação dos estudantes, cujas principais tarefas incluem a realização de pequenos trabalhos de investigação, bem como de relatórios referentes a questões relacionadas com programas de prevenção criminal e de intervenção comunitária no domínio das áreas da criminologia. Haverá ainda um trabalho de colaboração com os alunos no sentido de participarem em espaços abertos ao debate, em eventos científicos, estimulando sempre o desenvolvimento de competências, na realização de trabalhos/tarefas e na sua apresentação.

Assim sendo, a formação adquirida permitirá ao estudante, por um lado, reforçar as implicações práticas do conhecimento teórico entretanto alcançado, o que favorecerá a maior possibilidade de abertura ao nível das saídas profissionais associadas à Criminologia, habilitando o aluno, nomeadamente, a exercer funções em órgãos de polícia criminal, no sistema prisional, nos serviços de reinserção social, em centros de proteção de crianças e jovens, em centros educativos de menores delinquentes e em centros de acolhimento e de proteção a vítimas, não sendo de esquecer os poderes locais – como Câmaras Municipais e respetivas polícia e proteção civil, bem como as Juntas de Freguesia. Por outro lado, o estudante estará também capacitado para trabalhar aos níveis das comunidades locais, bem como a nível nacional, junto de organizações judiciárias.

 

PLANO DE ESTUDOS

2º Ciclo (Mestrado) EaD · 4 semestres · 120 ECTS
Conforme: Despacho n.º 12216/2021, de 16 de dezembro, Diário da República n.º 242, 2ª série.

Área científica predominante: Criminologia

Coordenação

 Prof.ª Doutora Laura Nunes 


SOLICITE INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO:



CandidatoProfissionalOutro


PortugalPaís UEOutro País













Intercâmbio Erasmus+

Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram os critérios de elegibilidade dispõem da possibilidade de realizar períodos de estudo e/ou de estágio em mobilidade internacional.

Os períodos de estudo em mobilidade internacional de estudantes são realizados em instituições de ensino superior fora de Portugal com as quais a UFP mantém acordos de intercâmbio de estudantes ao abrigo do Programa Erasmus+ (no espaço Europeu), ou de outros acordos bilaterais de intercâmbio existentes.

Informação sobre programas de mobilidade/intercâmbio estão disponíveis através do Gabinete de Relações Internacionais (ligação).

Condições de Candidatura

CANDIDATURAS
Para admissão no 2º semestre de 2022/23

Candidaturas: até 31 de dezembro de 2022

Resultados : Até 31 de janeiro de 2023
Matrícula : De 1 a 4 de fevereiro de 2023
Validação da matrícula (se aplicável) : Até 28 de fevereiro de 2023

Ressalva: Os estudantes admitidos no 2º semestre, terão de realizar as unidades curriculares do 1º semestre do 1º ano no ano letivo seguinte, o que implica a realização de um mínimo de 3 (três) matrículas no curso.

CONDIÇÕES ESPECIFÍCAS DE INGRESSO
Consulte a informação sobre Condições de Candidatura aos Mestrados (2º Ciclo).

Preçário

TAXAS ESCOLARES – MESTRADOS 2022/23

Consulte o documento de Taxas Escolares adequado ao seu caso.

 

VER TAXAS