SOBRE O CURSO

Resultado do processo de acreditação pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES):
Estado: Acreditado
Data de publicação da decisão: 09-12-2020
Deliberação da A3ES: ligação e Guião
Validade: 31/07/2025

Vagas 2020/21PDF

Regime/Horário: Diurno

Em conformidade com os princípios enunciados no EuroPsy – Certificado Europeu de Psicologia, da European Federation of Psychologists’ Associations (EFPA), permitindo o acesso ao estágio da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP).

A área da Psicologia ligada à Justiça apresenta-se no nosso país como uma área emergente a nível profissional, facto que decorre, em muito, da adjacência, cada vez mais evidente entre a Psicologia e a Lei. A preocupação pelo apoio à vítima justiça, pela segurança, bem-estar social, a prevenção criminal faz com que a formação de profissionais na área da psicologia da justiça, com especial foco no estudo das vítimas de violência e de crime, seja uma necessidade crescente, capaz de apoiar expressivamente a cooperação multidisciplinar, ao contribuir com uma perspetiva de estudo e análise mais sociopsicológica dos fenómenos de âmbito jurídico.

A existência de um quadro de docentes com formação especializada na área e a componente prática que é possível ver associada, não só pela existência de uma Clínica Pedagógica de Psicologia, mas pela experiência prática de alguns dos docentes no campo de intervenção da Justiça, como técnicos, peritos forenses ou mesmo psicoterapeutas nestas áreas, credibilizam a vertente do ensino ministrado ao nível deste Mestrado.

Este mestrado, para além de um bom suporte académico, exige um trabalho de investigação contínuo, complementar à atividade letiva. Assim figuram entre os principais objetivos deste Mestrado o aprofundar o conhecimento nos domínios da psicologia ligada à justiça, sendo central para a prossecução deste propósito a capacitação do aluno para a prática de investigação e/ou intervenção com vítimas de violência e de crime.

Dados sobre empregabilidade e sucesso escolar: PDF

DESTINATÁRIOS DA FORMAÇÃO

O Mestrado está aberto a pessoas com licenciatura em Psicologia e que manifestem interesse na obtenção de uma experiência de qualidade e de renovação de conhecimentos e práticas na área da Psicologia da Justiça, orientados para um melhor profissionalismo.

Condições gerais:
De acordo com o nº 1, do artigo 17.º, do Decreto-Lei nº 74/2006 , de 24 de março, na última redacção que lhe foi dada pelo Decreto-Lei nº 65/2018, de 16 de Agosto, podem candidatar-se ao acesso e ingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de mestre (2.º ciclo):

  • Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
  • Titulares de grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos, organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  • Titulares de grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente da instituição de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
  • Detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente da instituição de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

Condições específicas:

  • Mestrado em Psicologia da Justiça: Vítimas de Violência e de Crime: Graduação em Psicologia

Critérios de Seleção e seriação:
a) Grau de licenciado ou equivalente legal na área científica do mestrado;
b) Melhor classificação final do grau de licenciado ou equivalente legal;
c) Grau de licenciado ou equivalente legal em área científica mais afim da do mestrado;
d) Curriculum vitae e carta de motivação.

PLANO DE ESTUDOS

2º Ciclo (Mestrado) · 4 semestres · 120 ECTS
Conforme Despacho nº 12986/2015, DR 2ª série n.º 224, de 16 de novembro

Área científica predominante: Psicologia




INTERCÂMBIO / ESTUDAR NO ESTRANGEIRO

Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram os critérios de elegibilidade dispõem da possibilidade de realizar períodos de estudo e/ou de estágio em mobilidade internacional.

Os períodos de estudo em mobilidade internacional de estudantes são realizados em instituições de ensino superior fora de Portugal com as quais a UFP mantém acordos de intercâmbio de estudantes ao abrigo do Programa Erasmus+ (no espaço Europeu), ou de outros acordos bilaterais de intercâmbio existentes.

Informação sobre programas de mobilidade/intercâmbio estão disponíveis através do Gabinete de Relações Internacionais (ligação).

CANDIDATURAS E TAXAS ESCOLARES

ANO LETIVO 2020/21*

Consulte informação sobre cursos com candidaturas abertas aqui

1. Submissão de candidaturas, verificação de resultados e matrículas:

1.1. Submissão de candidaturas:
Presenciais, no Gabinete de Ingresso
ou
Online: https://candidaturas.ufp.pt

1.2. Consulta de resultados:
https://candidaturas.ufp.pt > Verificar candidatura

1.3. Matrículas:
Presenciais, no Gabinete de Ingresso
ou
Online: https://candidaturas.ufp.pt > Verificar candidatura > candidatos admitidos a residir no estrangeiro terão acesso a uma ligação para efetuar uma pré-matrícula online; a matrícula é finalizada após a chegada a Portugal

*A realização dos cursos em qualquer regime e horário está condicionada a um número mínimo de alunos.

VER TAXAS